4

Préparation du document



Ciano Amarelo Magenta Preto
Órgão Oficial de Divulgação da Igreja Pentecostal
Assembléia de Deus Ministério Restauração
ANO 3 - N° 12 - JANEIRO DE 2006 - PORTO ALEGRE - RS
Jornal
1
9° BATISMO EM PORTO ALEGRE:
Mais 62 vidas resgatadas por Jesus Cristo! Pág. 11
Mensagem Pastoral:
“O Deus da Provisão” – Pág. 3
Entrevista: Pr. René Guilavogui e
Missionária Vanessa Guilavogui:
Unidos por Deus Pág. 7
União Feminina: “Deus deseja que seus filhos
sejam prósperos” – Pág. 4
Testemunho: Jovem deixa o futebol para
seguir a Cristo – Pág. 6
Quem é Jesus de Nazaré para Você?
Encarte Evangelístico
Jesus Cura
Canceroso em
Dr. Maurício Cardoso
Pág. IV do Encarte
Evangelístico
Sr. Adriano Morbach, poucos
dias antes de ser curado
Leilões das comarcas da grande Porto Alegre:
Dia 01/02/06: 1° Leilão e dia 22/02/06: 2° Leilão.
Leilões da Justiça federal de Porto Alegre:
Dia 11/04/06: 1° Leilão e dia 25/04/06: 2° Leilão.
2 3
DIRETORIA
Presidente: Pr. Humberto Schimitt Vieira
1º Vice-Presidente: Pr. Octávio Rodrigues Vieira
2º Vice-Presidente: Pr. Guaraci Fernandes
1º Tesoureiro: Pb. Miro Manica
2º Tesoureiro: Pb. Vilson Cordeiro
1ª Secretária: Dcª Sirlei Mota
2º Secretário: Pr. Délcio Bueno
Conselho Consultivo:
Pr. Alfredo Mendes – Cong. Vila Gaúcha – Porto Alegre,
Pr. Tranqüilo Melanedo – Cong. Sarandi – Porto
Alegre, Pr. Alfredo Fortuna – Gravatai, Pr. Walter de
Moraes – Cong. Curitibanos – Novo Hamburgo, Pr.
Carlito Ribeiro –São Sebastião do Caí, Pr. Odil Alves –
Cong. Bairro Canudos – Novo Hamburgo, Pr. Guaraci
Fernandes – Sapucaia do Sul, Pr. Adão Santana –
Viamã, Pr. Jorge Souza – Quaraí, Pr. Getúlio Silva do
Nascimento – Panambi, Pr. Moiises Maciel – Santo
Ângelo.
Conselho Deliberativo:
Pr. Humberto Schimitt Vieira – Presidente, Pr. Octávio
Rodrigues Vieira– .1º Vice-presidente, Pr. Guaraci
Fernandes – 2º Vice-presidente, Pr. Josué Hoffmann –
Alvorada, Ev. James Schimitt Vieira- Sede, Pr. Marco
Antonio de Oliveira – Hípica – Porto Alegre, Pr. Antonio
Augusto – Caldre Fião – Porto Alegre, Pr. Ildo Manica
– Sede – Porto Alegre, Pr. João Carlos Jacobi – Vila
Comerciários - Porto Alegre.
Conselho de Ética e Disciplina:
Pr. Lauro Vicente de Morais – Cachoeirinha, Pr. Paulo
Roberto dos Santos – Otto Niemayer – Porto Alegre,
Pr. Antonio Cristiano Brizola – Hípica – Porto Alegre,
Pr. Alvacir Gonçalves – Canoas, Ev. José Medeiros –
Novo Hamburgo, Pr. Jose Venâncio Malet - Dionísio
Serqueira. Suplente: Ev. Dílson Santos – Rio Pardo.
Conselho de Doutrina:
Pr. Silvio Machado – Sede, Pr. Carlos Alberto dos
Santos – Parobé, Pr. Richard Albino – Bagé, Pr.
Humberto Schimitt Vieira – Presidente, Pr. Octávio
Rodrigues – 1º Vice-Presidente, Pr. Guaraci Fernandes
– 2º Vice-Presidente.
1) Em um só Deus, eternamente
Em um só Deus, eternamente
Em um só Deus, eternamente
Em um só Deus, eternamente
Em um só Deus, eternamente
subsistente em três pessoas: o
subsistente em três pessoas: o
subsistente em três pessoas: o
subsistente em três pessoas: o
subsistente em três pessoas: o Pai, o
, o
, o
, o
, o Filho
e o
e o
e o
e o
e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19;
(Dt 6.4; Mt 28.19;
(Dt 6.4; Mt 28.19;
(Dt 6.4; Mt 28.19;
(Dt 6.4; Mt 28.19;
Mc 12.29).
Mc 12.29).
Mc 12.29).
Mc 12.29).
Mc 12.29).
2) Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada,
única regra infalível de fé
, única regra infalível de fé
, única regra infalível de fé
, única regra infalível de fé
, única regra infalível de fé
normativa para a vida e o caráter crisnormativa
para a vida e o caráter crisnormativa
para a vida e o caráter crisnormativa
para a vida e o caráter crisnormativa
para a vida e o caráter cristão
(II Tm 3.14-17).
tão (II Tm 3.14-17).
tão (II Tm 3.14-17).
tão (II Tm 3.14-17).
tão (II Tm 3.14-17).
3) Na concepção virginal de Je-
Na concepção virginal de Je-
Na concepção virginal de Je-
Na concepção virginal de Je-
Na concepção virginal de Jesus,
em sua morte vicária e expiatória,
sus, em sua morte vicária e expiatória,
sus, em sua morte vicária e expiatória,
sus, em sua morte vicária e expiatória,
sus, em sua morte vicária e expiatória,
em sua ressurreição corporal dentre os
em sua ressurreição corporal dentre os
em sua ressurreição corporal dentre os
em sua ressurreição corporal dentre os
em sua ressurreição corporal dentre os
mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus
mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus
mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus
mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus
mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus
(Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).
(Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).
(Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).
(Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).
(Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).
O Jornal Restauração é o Órgão Oficial
de divulgação da Igreja Pentecostal
Assembléia de Deus – Ministério Restauração,
fundada em 14 de abril de
2004, em Porto Alegre.
Você já avaliou sua vida para saber
se Jesus realmente faz parte dela, se Ele está
integrado em seu ser, se Ele comanda suas
ações, se Ele é mesmo o seu Senhor? Suas
reclamações constantes de que “está servindo
a Deus e nada de bom acontece” não têm
um motivo, às vezes, tão sutil que passa despercebido?
“Eis que estou à porta e bato; se
alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta,
entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele
comigo.” Ap 3.20
Na correria do dia-a-dia, você necessita
tirar um tempo para meditar nas palavras
que Jesus tem para te dizer. Essas palavras
se revelam em pequenas e grandes coisas
que te cercam, e você pode aprender muito
com elas. O mês de dezembro é um momento
propício para realizar um balanço de
como foi o ano de 2005 e como será o de 2006.
Seja sincero consigo mesmo. Não se
iluda com coisas fúteis deste mundo. A vida
é uma seqüência de dias vazios que precisam
ser preenchidos. Hoje, mais do que nunca, é
um momento de reação. Faça um novo propósito
com Deus e procure cumpri-lo. Não
fique, como o povo de Israel, andando em
círculos sem avançar espiritualmente.
Sua vida gira em torno de decisões
que precisam ser tomadas. Peça a Deus sabedoria
para administrar o seu tempo com eficiência.
Uma decisão errada pode trazer conseqüências
desastrosas para o resto de sua
vida. Você deve estar atento para fazer a escolha
certa, segundo a perfeita e agradável
vontade de Deus. Como descobrir essa vontade?
Lendo as Sagradas Escrituras, jejuando,
orando e pedindo a revelação divina.
Muitos pegam a Palavra do Senhor e
escolhem as partes mais agradáveis (ressaltando
que tudo que vem do Senhor é bom!)
para colocar em prática, esquecendo de
observá-la por inteiro. Dessa forma, vivem
doentes, com suas vidas secas, tristes e vazias.
E para completar as faltas, correm para as
Milhões de pessoas, hoje, estão
vivendo abaixo daquilo que se
convencionou chamar de linha da miséria.
A crise econômica está às portas das
nações e das famílias. Em meio a tudo isso,
Deus tem prometido que será o provedor
das nossas necessidades. Porém, nós temos
que ser prudentes e ter a sabedoria
de Deus em nossas vidas.
Quando necessário, nós temos que
ter a coragem de fazer cortes radicais em
nosso orçamento. Muitos gostam de mostrar
aquilo que não têm. Isso é conseqüência
do pecado da vaidade. Eu conheço pessoas
na igreja que recebem um salário pequeno,
mas estão com a sua vida financeira
em ordem. Têm sua casa própria. É porque
souberam se adequar ao seu orçamento.
Não foram dominados pela vaidade
de mostrar mais do que têm. Deus não
tem compromisso com pessoas que vivem
fora da realidade. Logo, ele não proverá
as necessidades de alguém que age dessa
forma.
Temos que ser humildes e libertos
de todo o ciúme ou emulação. Emulação é
o desejo de ter tudo o que os outros têm.
Isso não vem de Deus.
Está escrito que o Senhor proverá,
mas também está escrito: “Não tentarás o
Senhor teu Deus” (Mt 4.7). Em Fp 4.19 lemos
que “o meu Deus, segundo a sua riqueza
em glória, há de suprir em Cristo
Jesus, cada uma de vossas necessidades”.
Deus não está prometendo suprir os supérfluos,
mas as necessidades. Eu afirmo
que, se você for fiel, Deus garante tudo
que é necessário para a sua vida. Mas Ele
não tem nenhum compromisso com as suas
vaidades, orgulhos e invejas.
Está registrado em Tg 3.14-17: “se
pelo contrário, tendes em vosso coração
inveja amargurada e sentimento faccioso,
nem vos glorieis disso, nem mintais contra
a verdade. Esta não é a sabedoria que
desce lá do alto; antes, é terrena, animal e
demoníaca. Pois onde há inveja e sentimento
faccioso, aí há confusão e toda a
espécie de coisas ruins. A sabedoria, porém,
lá do alto, é primeiramente pura;
depois pacífica, indulgente, tratável, plena
de misericórdia e de bons frutos, im-
OUVIDORIA
O Ministério Restauração está com
uma Ouvidoria para melhor lhe atender.
Faça sua sugestão, crítica ou
reclamação através desse serviço,
pelos telefones: 322-19-322 ou
3225-9202. Se você preferir fazer
por escrito, na Sede Estadual, Rua
Vigário José Inácio, 355, estará a
sua disposição uma URNA.
Ouvidor: Pr. Osvaldo Queiroz
Apoio: Secretaria da Igreja Sede
Pastor-Presidente do Ministério:
Pr. Humberto Schimitt Vieira.
Editor
Dc. Alessandro Dutra de Lima
Celular (51) 8408-1824.
E-mail: “adutra73@terra.com.br”
Redação:
Isabel Cristina Machado Corrêa.
Jornalista Responsável
Roberta Engster de Lima (Reg. nº 12.016)
Digitação:
Leonel de Mattos e Djéssica Manica
Revisão:
Jorge Ubirajara Wolf e Silvana Borja.
Publicidade e Fotografias
Marta Martins Dutra de Lima
martadutralima@terra.com.br
Celular 8408-4228.
Distribuição
Igreja Pentecostal Assembléia de Deus
Ministério Restauração
Norma Cunha – Fone (51) 8408-8905
Periodicidade
Bimestral
Tiragem
20.000 exemplares
Impressão
Folha de Londrina
As colaborações são de responsabilidade
dos respectivos autores e não representam,
necessariamente, a opinião deste Jornal. É
permitida a reprodução de matérias, desde
que citada a fonte, salvo disposição em
contrário.
4) Na pecaminosidade do homem
Na pecaminosidade do homem
Na pecaminosidade do homem
Na pecaminosidade do homem
Na pecaminosidade do homem
que o destituiu da glória de Deus, e que
que o destituiu da glória de Deus, e que
que o destituiu da glória de Deus, e que
que o destituiu da glória de Deus, e que
que o destituiu da glória de Deus, e que
somente o arrependimento e a fé na obra
somente o arrependimento e a fé na obra
somente o arrependimento e a fé na obra
somente o arrependimento e a fé na obra
somente o arrependimento e a fé na obra
expiatória e redentora de Jesus Cristo é que
expiatória e redentora de Jesus Cristo é que
expiatória e redentora de Jesus Cristo é que
expiatória e redentora de Jesus Cristo é que
expiatória e redentora de Jesus Cristo é que
pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).
pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).
pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).
pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).
pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).
5) Na necessidade absoluta do novo
Na necessidade absoluta do novo
Na necessidade absoluta do novo
Na necessidade absoluta do novo
Na necessidade absoluta do novo
nascimento pela fé em Cristo e pelo poder
nascimento pela fé em Cristo e pelo poder
nascimento pela fé em Cristo e pelo poder
nascimento pela fé em Cristo e pelo poder
nascimento pela fé em Cristo e pelo poder
atuante do Espírito Santo e da Palavra de
atuante do Espírito Santo e da Palavra de
atuante do Espírito Santo e da Palavra de
atuante do Espírito Santo e da Palavra de
atuante do Espírito Santo e da Palavra de
Deus, para tornar o homem digno do Rei-
Deus, para tornar o homem digno do Rei-
Deus, para tornar o homem digno do Rei-
Deus, para tornar o homem digno do Rei-
Deus, para tornar o homem digno do Reino
dos Céus (Jo 3.3-8).
no dos Céus (Jo 3.3-8).
no dos Céus (Jo 3.3-8).
no dos Céus (Jo 3.3-8).
no dos Céus (Jo 3.3-8).
6) No perdão dos pecados, na sal-
No perdão dos pecados, na sal-
No perdão dos pecados, na sal-
No perdão dos pecados, na sal-
No perdão dos pecados, na salvação
presente e perfeita e na eterna justivação
presente e perfeita e na eterna justivação
presente e perfeita e na eterna justivação
presente e perfeita e na eterna justivação
presente e perfeita e na eterna justificação
da alma recebidos gratuitamente
ficação da alma recebidos gratuitamente
ficação da alma recebidos gratuitamente
ficação da alma recebidos gratuitamente
ficação da alma recebidos gratuitamente
de Deus pela fé no sacrifício efetuado por
de Deus pela fé no sacrifício efetuado por
de Deus pela fé no sacrifício efetuado por
de Deus pela fé no sacrifício efetuado por
de Deus pela fé no sacrifício efetuado por
Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm
Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm
Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm
Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm
Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm
10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).
10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).
10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).
10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).
10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).
7) No batismo bíblico efetuado por
No batismo bíblico efetuado por
No batismo bíblico efetuado por
No batismo bíblico efetuado por
No batismo bíblico efetuado por
imersão do corpo inteiro uma só vez em
imersão do corpo inteiro uma só vez em
imersão do corpo inteiro uma só vez em
imersão do corpo inteiro uma só vez em
imersão do corpo inteiro uma só vez em
águas, em nome do Pai, do Filho e do Espíáguas,
em nome do Pai, do Filho e do Espíáguas,
em nome do Pai, do Filho e do Espíáguas,
em nome do Pai, do Filho e do Espíáguas,
em nome do Pai, do Filho e do Espírito
Santo, conforme determinou o Senhor
rito Santo, conforme determinou o Senhor
rito Santo, conforme determinou o Senhor
rito Santo, conforme determinou o Senhor
rito Santo, conforme determinou o Senhor
Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).
Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).
Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).
Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).
Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).
8) Na necessidade e na possibilida-
Na necessidade e na possibilida-
Na necessidade e na possibilida-
Na necessidade e na possibilida-
Na necessidade e na possibilidade
que temos de viver vida santa mediante
de que temos de viver vida santa mediante
de que temos de viver vida santa mediante
de que temos de viver vida santa mediante
de que temos de viver vida santa mediante
a obra expiatória e redentora de Jesus no
a obra expiatória e redentora de Jesus no
a obra expiatória e redentora de Jesus no
a obra expiatória e redentora de Jesus no
a obra expiatória e redentora de Jesus no
Calvário
Calvário
Calvário
Calvário
Calvário, através do poder r
, através do poder r
, através do poder r
, através do poder r
, através do poder regenerador
egenerador
egenerador
egenerador
egenerador,
inspirador e santificador do Espírito Saninspirador
e santificador do Espírito Saninspirador
e santificador do Espírito Saninspirador
e santificador do Espírito Saninspirador
e santificador do Espírito Santo,
que nos capacita a viver como fiéis
to, que nos capacita a viver como fiéis
to, que nos capacita a viver como fiéis
to, que nos capacita a viver como fiéis
to, que nos capacita a viver como fiéis
tes
tes
tes
tes
testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14
temunhas do poder de Cristo (Hb 9.14
temunhas do poder de Cristo (Hb 9.14
temunhas do poder de Cristo (Hb 9.14
temunhas do poder de Cristo (Hb 9.14
e I Pd 1.15).
e I Pd 1.15).
e I Pd 1.15).
e I Pd 1.15).
e I Pd 1.15).
9) No batismo bíblico no Espíri-
No batismo bíblico no Espíri-
No batismo bíblico no Espíri-
No batismo bíblico no Espíri-
No batismo bíblico no Espírito
Santo que nos é dado por Deus medito
Santo que nos é dado por Deus medito
Santo que nos é dado por Deus medito
Santo que nos é dado por Deus medito
Santo que nos é dado por Deus mediante
a intercessão de Cristo, com a eviante
a intercessão de Cristo, com a eviante
a intercessão de Cristo, com a eviante
a intercessão de Cristo, com a eviante
a intercessão de Cristo, com a evidência
inicial de falar em outras líndência
inicial de falar em outras líndência
inicial de falar em outras líndência
inicial de falar em outras líndência
inicial de falar em outras línguas,
conforme a sua vontade (At 1.5;
guas, conforme a sua vontade (At 1.5;
guas, conforme a sua vontade (At 1.5;
guas, conforme a sua vontade (At 1.5;
guas, conforme a sua vontade (At 1.5;
2.4; 10.44-46; 19.1-7).
2.4; 10.44-46; 19.1-7).
2.4; 10.44-46; 19.1-7).
2.4; 10.44-46; 19.1-7).
2.4; 10.44-46; 19.1-7).
10) Na atualidade dos dons espi-
Na atualidade dos dons espi-
Na atualidade dos dons espi-
Na atualidade dos dons espi-
Na atualidade dos dons espirituais
distribuídos pelo Espírito Santo
rituais distribuídos pelo Espírito Santo
rituais distribuídos pelo Espírito Santo
rituais distribuídos pelo Espírito Santo
rituais distribuídos pelo Espírito Santo
à Igreja para sua edificação, conforme
à Igreja para sua edificação, conforme
à Igreja para sua edificação, conforme
à Igreja para sua edificação, conforme
à Igreja para sua edificação, conforme
a sua soberana vontade (I Co 12.1-12).
a sua soberana vontade (I Co 12.1-12).
a sua soberana vontade (I Co 12.1-12).
a sua soberana vontade (I Co 12.1-12).
a sua soberana vontade (I Co 12.1-12).
11) Na Segunda Vinda premile-
Na Segunda Vinda premile-
Na Segunda Vinda premile-
Na Segunda Vinda premile-
Na Segunda Vinda premilenial
de Cristo, em duas fases distintas.
nial de Cristo, em duas fases distintas.
nial de Cristo, em duas fases distintas.
nial de Cristo, em duas fases distintas.
nial de Cristo, em duas fases distintas.
Primeira - invisível ao mundo, para ar-
Primeira - invisível ao mundo, para ar-
Primeira - invisível ao mundo, para ar-
Primeira - invisível ao mundo, para ar-
Primeira - invisível ao mundo, para arrebatar
a sua Igreja fiel da terra, antes
rebatar a sua Igreja fiel da terra, antes
rebatar a sua Igreja fiel da terra, antes
rebatar a sua Igreja fiel da terra, antes
rebatar a sua Igreja fiel da terra, antes
da Grande T
da Grande T
da Grande T
da Grande T
da Grande Tribulação; segunda - visível
ribulação; segunda - visível
ribulação; segunda - visível
ribulação; segunda - visível
ribulação; segunda - visível
e corporal, com sua Igreja glorificada,
e corporal, com sua Igreja glorificada,
e corporal, com sua Igreja glorificada,
e corporal, com sua Igreja glorificada,
e corporal, com sua Igreja glorificada,
para reinar sobre o mundo durante mil
para reinar sobre o mundo durante mil
para reinar sobre o mundo durante mil
para reinar sobre o mundo durante mil
para reinar sobre o mundo durante mil
anos (I T
anos (I T
anos (I T
anos (I T
anos (I Ts 4.16. 17; I Co 15.51-54; Ap 20.4;
s 4.16. 17; I Co 15.51-54; Ap 20.4;
s 4.16. 17; I Co 15.51-54; Ap 20.4;
s 4.16. 17; I Co 15.51-54; Ap 20.4;
s 4.16. 17; I Co 15.51-54; Ap 20.4;
Zc 14.5 e Jd 14).
Zc 14.5 e Jd 14).
Zc 14.5 e Jd 14).
Zc 14.5 e Jd 14).
Zc 14.5 e Jd 14).
12) Que todos os cristãos compa-
Que todos os cristãos compa-
Que todos os cristãos compa-
Que todos os cristãos compa-
Que todos os cristãos comparecerão
ante o T
ecerão ante o T
ecerão ante o T
ecerão ante o T
ecerão ante o Tribunal de Cristo
ribunal de Cristo
ribunal de Cristo
ribunal de Cristo
ribunal de Cristo, para
, para
, para
, para
, para
receber recompensa dos seus feitos em
receber recompensa dos seus feitos em
receber recompensa dos seus feitos em
receber recompensa dos seus feitos em
receber recompensa dos seus feitos em
favor da causa de Cristo na terra (II
favor da causa de Cristo na terra (II
favor da causa de Cristo na terra (II
favor da causa de Cristo na terra (II
favor da causa de Cristo na terra (II
Co 5.10).
Co 5.10).
Co 5.10).
Co 5.10).
Co 5.10).
13) No juízo vindouro que conde-
No juízo vindouro que conde-
No juízo vindouro que conde-
No juízo vindouro que conde-
No juízo vindouro que condenará
os infiéis (Ap 20.11-15).
nará os infiéis (Ap 20.11-15).
nará os infiéis (Ap 20.11-15).
nará os infiéis (Ap 20.11-15).
nará os infiéis (Ap 20.11-15).
14) E na vida eterna de gozo e fe-
E na vida eterna de gozo e fe-
E na vida eterna de gozo e fe-
E na vida eterna de gozo e fe-
E na vida eterna de gozo e felicidade
para os fiéis e de tristeza e torlicidade
para os fiéis e de tristeza e torlicidade
para os fiéis e de tristeza e torlicidade
para os fiéis e de tristeza e torlicidade
para os fiéis e de tristeza e tormento
para os infiéis (Mt 25.46).
mento para os infiéis (Mt 25.46).
mento para os infiéis (Mt 25.46).
mento para os infiéis (Mt 25.46).
mento para os infiéis (Mt 25.46).
coisas do mundo, adaptando-as e usando
como adicional na vida espiritual. São na
verdade homens vazios que não conhecem
verdadeiramente a Deus, não têm intimidade
com Ele e não crêem que isso possa ser
possível em suas vidas, pois enxergam a Deus
muito distante, praticamente inatingível. O
conhecem apenas de ouvir falar, mas o
contato real é inexistente.
Mas quando se conhece Deus verdadeiramente,
descobre-se que o Senhor não
está encerrado nas páginas da Bíblia, porém,
vive e age como agiu nos tempos bíblicos. O
que falta são homens puros, santos e totalmente
dispostos a pagar o preço de ser amigo
do maior inimigo do mundo. Quando
você se torna amigo de Deus, você O conhece
e passa a ser influenciado pela Sua forma
de agir, forma esta que, em muitos casos,
destoa das práticas comuns aos homens.
Hoje vivemos em meio a uma geração
de crentes escravos, infelizmente, não
do Senhor, mas das muitas ocupações, dos
muitos afazeres. Um fato ocorrido com Jesus
Cristo: determinado dia chegou o Mestre na
casa de Marta e Maria. Ali entrando, Maria
correu e sentou-se aos Seus pés, ouvindo
Seus ensinamentos e exortações. No entanto,
Marta estava muito mais preocupada em
oferecer ao Mestre uma boa hospedagem, e
foi repreendida (Lc 10.38-42). Muitos têm
pecado exatamente por querer fazer muito
para o Senhor e, agindo assim, esquecem de
parar para sentar-se com Ele, ouvir a Sua voz
e alegrar-se em Sua companhia. Certamente
é necessário nosso envolvimento com os afazeres,
mas em todas as coisas deve haver o
equilíbrio. Não perca tempo em coisas dispensáveis.
Leia, com olhos espirituais, a Palavra,
e alimente-se dela (Ez 3.1-3). Assim,
você irá assimilar Seus muitos ensinamentos;
isso, na verdade, é uma forma de sentar-se
aos pés do Mestre e ouvir a Sua voz.
Veja o que o Senhor diz sobre as suas
posses: “... contentando-vos com o que tendes;
porque não te deixarei, nem te desampararei.”
(Hb 13.5). Pergunta-se de quem é a
culpa pelos desacertos acontecidos na vida?
Somente sua, por não considerar a vontade
do Senhor. Na maioria das vezes, a vida é um
caos; não crê na direção divina e não a busca.
Faz tudo com o próprio entendimento e
geralmente as conseqüências são graves.
Vive-se em um mundo espiritualizado, dirigido
pelos espíritos malignos e jamais se alcança
a vitória indo de peito aberto. Você
precisa estar cheio do Espírito Santo, vivendo
no equilíbrio para poder dar passos seguros
e firmes. E de quem é a culpa pelas dívidas?
Apenas sua, que não soube ouvir a voz
do Senhor que diz: “... Contentai - vos com o
que tendes”, e lançou-se loucamente na armadilha
financeira do maligno.
Para finalizar, pergunto: Como vai a
sua vida? Qual o tempo que tens dedicado
às coisas pequenas, mas importantes dela? E
Deus, em que lugar você O coloca? Lembrese,
são poucas as pessoas que têm uma segunda
e nova oportunidade na vida para
mudar. Pense nisto: você tem 24h por dia e
gasta com muitas coisas. Sinceramente,
quanto tempo você leva para parar um
pouquinho e ouvir Deus?
Dc. Alessandro Dutra de Lima
O DEUS DA PROVISÃO
“E pôs Abraão por nome àquele
lugar - o Senhor proverá. Daí dizer-se
até ao dia de hoje: No monte do
Senhor se proverá.” Gn 22.14
parcial, sem fingimento”. A sabedoria humana
produz inveja. A inveja move o mundo
comercial. As propagandas procuram
despertar isso nas pessoas. Mas Deus não
terá compromisso com aqueles que cedem
a esse instinto de emulação.
Veja o que está escrito em Mt 6.33:
“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino
e a sua justiça, e todas estas cousas vos
serão acrescentadas”.
Deus tem compromisso com aqueles
que buscam o Seu reino e a Sua justiça,
mas não com aqueles que esnobam o que
não têm.
Deus não tem compromisso com
Deus não tem compromisso com
Deus não tem compromisso com
Deus não tem compromisso com
Deus não tem compromisso com
o orgulho ou a vaidade de seus filhos
o orgulho ou a vaidade de seus filhos
o orgulho ou a vaidade de seus filhos
o orgulho ou a vaidade de seus filhos
o orgulho ou a vaidade de seus filhos
De onde vai sair o dinheiro que
você precisa, Deus sabe. Ele é o dono do
ouro e da prata. Deus, às vezes, usa um
ímpio para ajudar um justo. “Porque Deus
dá sabedoria, conhecimento e prazer ao
homem que lhe agrada; mas ao pecador
dá trabalho, para que ele ajunte e amontoe,
a fim de dar àquele que agrada a Deus”
Ec 2.26. Isso é um cheque em branco assinado
por Deus, nominal àqueles que são
retos na sua presença. Deus está dizendo,
então é a verdade. Mesmo em épocas de
crises, isso continua sendo verdade.
A Bíblia fala de um caso impressionante:
O povo estava no deserto. Lá eles
não tinham dinheiro, nem plantação, nem
criação. Então Deus disse: “Moisés, faça um
tabernáculo para mim. Mas não de qualquer
jeito. Quero um tabernáculo fino.
Tudo de primeiríssima qualidade no seu
interior”. Moisés só contava com a igreja e
todos estavam desempregados.
Moisés reuniu a congregação e
conclamou-a a trazer ofertas voluntárias.
Talvez alguns pensaram que era alguma
oferta pequena, mas logo Moisés começou
a enumerar as coisas finas que Deus
havia pedido:
“Tomai, do que tendes, uma oferta
para o Senhor; cada um, de coração disposto,
voluntariamente a trará por oferta
ao Senhor: ouro, prata e bronze, estofo
azul, púrpura, carmesim, linho fino, pêlos
de cabra, peles de carneiros, tintas de vermelho,
peles de animais marinhos. Madeira
de acácia, azeite para iluminação, especiarias
para o óleo da unção e para o
incenso aromático, pedras de ônix e pedras
de engaste para a estola sacerdotal e
para o peitoral.” Ex 35.5-9.
Devem ter pensado que Moisés estava
louco, mas ele cria no mesmo Deus
que dissera para Abraão: “O Senhor proverá”.
“Então toda a congregação dos filhos
de Israel saiu da presença de Moisés,
e veio todo homem, cujo coração o moveu
e cujo espírito o impeliu, e trouxe a
oferta ao Senhor para a obra da tenda da
congregação, e para todo o serviço, e para
as vestes sagradas. Vieram homens e mulheres,
todos dispostos de coração: trouxeram
fivelas, pendentes, anéis, braceletes,
todos os objetos de ouro; todo homem
fazia oferta de ouro ao Senhor; Os filhos
de Israel trouxeram oferta voluntária ao
Senhor; a saber, todo homem e mulher,
cujo coração os dispôs para trazerem uma
oferta para toda a obra que o Senhor tinha
ordenado se fizesse por intermédio
de Moisés”. Ex 35.20-23,29.
“Então ordenou Moisés - e a ordem
foi proclamada no arraial, dizendo: Nenhum
homem, nem mulher faça mais obra
alguma para a oferta do santuário. Assim
o povo foi proibido de trazer mais” Ex 36.6.
Eles estavam no deserto, mas Deus
proveu o que precisava. Olhando no deserto
não havia nada, mas eles creram em
Deus. Mesmo que estejamos passando pelo
deserto da crise financeira, você acha que
não podemos crer em Deus da mesma forma?
Se obedecermos Sua Palavra,
Se obedecermos Sua Palavra,
Se obedecermos Sua Palavra,
Se obedecermos Sua Palavra,
Se obedecermos Sua Palavra,
mesmo nas crises, Ele suprirá nossas nemesmo
nas crises, Ele suprirá nossas nemesmo
nas crises, Ele suprirá nossas nemesmo
nas crises, Ele suprirá nossas nemesmo
nas crises, Ele suprirá nossas necessidades
cessidades
cessidades
cessidades
cessidades
Em Dt 11.13-25 Deus falou para eles
“Se diligentemente obedecerdes aos meus
mandamentos que hoje vos ordeno de
amar ao Senhor vosso Deus, e de o servir
de todo o vosso coração e de toda a vossa
alma, darei as chuvas da vossa terra a seu
tempo, as primeiras e as últimas, para que
recolhais o vosso grão, e o vosso vinho e o
vosso azeite. Darei erva
no vosso campo aos vossos
gados, e comereis e
vos fartareis. Guardai-vos
não suceda que o vosso
coração se engane, e vos
desvieis e sirvais a outros
deuses e vos prostreis perante
eles; que a ira do
Senhor se acenda contra
vós outros, e feche ele os
céus e não haja chuva, e a
terra não dê a sua messe,
e cedo sejais eliminados da boa terra que
o Senhor vos dá. Ponde, pois, estas minhas
palavras no vosso coração e na vossa alma;
atai-as por sinal na vossa mão, para que
estejam por frontal entre os vossos olhos.
Ensinai-a a vossos filhos, falando delas assentados
em vossa casa, e andando pelo
caminho, e deitando –vos e levantandovos.
Escrevei-as nos umbrais da vossa casa,
e nas vossas portas, para que se multipliquem
os vossos dias e os dias de vossos
filhos na terra que o Senhor sob juramento
prometeu dar a vossos pais, e seja tão
numerosos como os dias do céu acima da
terra. Porque, se diligentemente
guardardes todos estes mandamentos que
vos ordeno para os guardardes, amando
ao Senhor vosso Deus, andando em todos
os seus caminhos, e a ele vos achegardes,
o Senhor desapossará todas estas nações,
e possuireis nações mais poderosas e maiores
do que vós. Todo lugar que pisar a
planta do vosso pé será vosso: desde o deserto,
desde o Líbano, desde o rio, o rio
Eufrates até ao mar ocidental, será o vosso
termo. Ninguém vos poderá resistir; o
Senhor vosso Deus porá sobre toda a terra
que pisardes o vosso terror e o vosso
temor, como já vos tem dito.”
Eles estavam no deserto e Deus estava
falando em chuvas, em grandes conquistas,
em vitórias sobre nações mais poderosas
que eles. Mas Deus cumpriu tudo.
Deus quer abençoar você também,
mas antes se coloque na Sua presença.
Não seja esbanjador. Seja fiel no pouco e
Deus vai lhe colocar sobre o muito. Comece
por baixo e o Senhor vai estar contigo.
Ah, e nunca esqueça de contribuir com a
obra de Deus.
Pr
Pr
Pr
Pr
Pr. Humberto Schimitt V
. Humberto Schimitt V
. Humberto Schimitt V
. Humberto Schimitt V
. Humberto Schimitt Vieira
ieira
ieira
ieira
ieira
02
02
02
02
02
04 4 05
5
É impressionante a facilidade que as pessoas têm
para gastar seu dinheiro. Abrimos a nossa caixa de correspondência
e lá estão os convites para gastarmos. Pegamos
um jornal e ali também estão propagandas, insistindo
para gastarmos. Paramos em uma sinaleira e nos cobrem
com panfletos que nos convidam a gastar. Nas ruas, as
vitrines das lojas estão continuamente apelando para o
consumismo.
Na hora de comprar, as facilidades são infinitas.
Mas chega a hora em que temos que pagar o que
compramos.
Se faltar dinheiro, logo aparecem os agiotas e financeiras
prontas para nos emprestar. Mas chegará o
momento em que teremos que pagar o que pedimos emprestado.
Em contrapartida, como está difícil ganhar o dinheiro.
Recentemente, para preencher 400 vagas em uma
empresa, cujo ordenado permite uma vida muito modesta,
inscreveram-se cerca de 80 mil candidatos.
O que fazer para reverter tal situação? Nesta edição
quero trazer alguns conselhos para aqueles que almejam
a prosperidade material.
Criados para sermos prósperos
Quando Deus criou o homem, conferiu-lhe uma
LANÇAMENTO DO CD DA
CANTORA KELLY PONTES
Terça-feira, dia 06 de dezembro, a cantora
Kelly Pontes lançou seu CD num abençoado culto
na Sede Geral do Ministério Restauração. Membro
de nossa igreja desde a sua fundação, a cantora
tem sido usada por Deus há bastante tempo
na área do louvor. Esse belíssimo CD de louvor
veio como cumprimento das promessas de Deus
para sua vida. Juntamente com seu esposo, Ev.
Jadir Pontes, a irmã também participa ativamente
da União Feminina, coordenando
um importante
pilar desse departamento:
os Núcleos de
Oração.
Contato/Convites:
fones (51)8413-2997,
3249-9766 ou por e-mail
jadirpontes@hotmail.com
“Deus deseja que seus filhos
sejam prósperos”.
Sl 81.13-16
emancipação econômica total (Gn 1.27-30), mas a queda
não aniquilou apenas a estrutura espiritual do homem.
Também destruiu a sua liberdade econômica (Gn 3.17-19).
A morte de Jesus teve como alvo desfazer todos os
males que sobrevieram ao homem mediante a queda causada
pela ação de Satanás (I Jo 3.8).
Vencida a força do pecado, Deus ficou livre para
abençoar o homem, sem ferir a Sua justiça (Is 59.1-2).
Em qualquer área da vida em que o homem se
coloca em harmonia com as leis de Deus, recebe a Sua
bênção (Dt 28.1-2). E se o homem seguir a orientação de
Deus no que se refere à vida econômica, será próspero
(Dt 28.8).
Vencendo na vida profissional
A Palavra de Deus ordena que o crente não
pode ser golpista, velhaco, mentiroso, desonesto (Pv
12.24 e 10.4).
Judas Iscariotes foi um exemplo de desonestidade
(Jo 12.4-6). Com o dinheiro adquirido desonestamente,
comprou uma propriedade. Essa compra não lhe proporcionou
felicidade. Foi lá que, cheio de angústia, enforcouse.
Provavelmente pela demora em ser encontrado,
seu corpo acabou se deteriorando antes de ser sepultado
(At 1.16-18).
O crente precisa ser honesto e dedicado ao trabalho
(Pv 13.4 e Dt 25.13-16). A pessoa trabalhadora e responsável
cresce na sua vida profissional (Pv 22.29).
Entretanto, como conseqüência da queda, muitas
vezes surgem conflitos na vida profissional do homem (Gn
3.17). Deus recomenda que nesses momentos de conflito,
a pessoa não deve abandonar o seu emprego (Ec 10.4).
Entre em oração e jejum. Vá em jejum para o serviço
e, com autoridade de Deus, pelo poder do Espírito
Santo, repreenda e expulse os demônios que estão agindo
contra a sua vida profissional. Não fuja do diabo, pois
você será atacado com mais violência logo adiante. Repreenda-o
no nome poderoso de Jesus Cristo (Mc 16.17).
Nunca deixe o emprego por causa das lutas. Ore e
jejue até que as lutas recuem (Pv 24.10).
Mas, se não estiver contente com o serviço, peça a
Deus outro emprego melhor e só saia com a Sua orientação
(Rm 8.14).
Aprenda a depender de Deus em seus conflitos profissionais
e verá como Deus cuida de Seus filhos (I Pe 5.7).
Administrando com sabedoria
A Bíblia recomenda que devemos evitar os empréstimos
(Pv 22.7). Se, eventualmente o crente ficar devendo
alguma coisa deve pagar (Rm 13.8). É um pecado pedir e
não pagar (Sl 37.21).
Jesus ensinou que o crente deve ser econômico (Jo
6.12-13 e Pv 18.9). Quando a renda familiar é pequena,
com sabedoria, podemos fazê-la render mais. Uma idéia
é aproveitar os espaços livres do quintal para plantar árvores
frutíferas. Uma goiabeira bem cuidada, por exemplo,
pode dar frutas para serem consumidas in natura,
doces em calda ou geléias para o ano todo. Da mesma
forma uma pequena horta pode trazer, além do prazer de
mexer na terra, economia na hora das compras.
Compartilhando das bênçãos materiais
A lei de Moisés determinava que o povo partilhasse
seus bens com as pessoas mais necessitadas (Lv 19.9-10 e
Dt 24.19-22). Na dispensação da graça, essa lei é repetida
(Gl 2.9-10).
Os obreiros que lutam para manter a igreja em um
padrão bíblico, pagam um preço muito alto por essa dedicação.
Muitos querem a igreja dos apóstolos, mas não têm
a fé nem buscam a consagração e o poder dos apóstolos
(II Co 11.26-29).
Quando o pastor procura edificar a igreja no modelo
usado pelos apóstolos, tem que ter também a consagração
dos apóstolos. E pode estar certo que sobrevirão
sobre ele também os ataques do diabo, as angústias e as
perseguições que sobrevieram sobre os apóstolos.
Os benefícios que o crente recebe através da vida
dedicada de seu pastor, não se limitam à vida terrena,
mas o acompanharão na eternidade. É uma ordem de
Deus que seu trabalho seja reconhecido e tenha alguma
forma de retribuição (Gl 6.6 e I Tm 5.17-18).
As pessoas pagam de boa vontade os custos do ensino
ou de seus planos de saúde, porque reconhecem seus
benefícios. Da mesma forma a Bíblia ensina que deve ser
feito em relação ao obreiro dedicado.
Entretanto, esta contribuição não deve ser imposta,
mas voluntária e como o Espírito Santo colocar no coração
de cada um. Sempre que o Espírito Santo dirige é
porque existe uma necessidade (II Co 9.7).
Deve-se ter um coração aberto para contribuir para
a expansão da obra de Deus. O dízimo é um sinal da vida
econômica entregue nas mãos de Deus (Gn 14.18-20).
A lei de Moisés determinou que se desse o dízimo
(Lv 27.30). Esta lei foi repetida no Novo Testamento. Em I
Co 16.1-2, Paulo recomenda a oferta segundo a prosperidade,
dando com isso a idéia da percentagem.
Quando a pessoa assume esta maneira de agir,
Deus é fiel e cumpre a Sua Palavra. Essa pessoa, instituição
ou nação emprestará a muitos, mas não haverá necessidade
de tomar emprestado (Dt 28.12). Quando, pela
misericórdia de Deus se torna próspero, não deve se envaidecer,
mas conservar-se humilde (Dt 26.5) e a bênção
do Altíssimo permanecerá para sempre.
Maria Schimitt Vieira.
Pergunta do mês:
Durante muitos séculos, acreditou-se que a
terra era plana e quadrada. Em que capítulo e
versículo de Isaías, a Bíblia se refere a ela como sendo
redonda ou em forma de globo?
TESTEMUNHOS DE VITÓRIA
FINANCEIRA
IRMÃ FAZ UM VOTO COM
DEUS E GANHA UMA
GELADEIRA
ADEIRA.
Quando foi lançado o apelo para a Campanha de
Doações para compra do templo da Sede Geral, na terçafeira,
dia 22 de novembro, o Pr. Humberto expôs a necessidade
de um templo próprio.. Naquele mesmo instante
Deus tocou no coração da irmã Iara Lobato e, como ela
faz parte da grande família da fé, sentiu que não poderia
ficar de fora e deveria fazer um voto de fé com Deus,
pegando uma cartela e fazendo a sua parte.
No entanto, ao mesmo tempo, pensou nas despesas
de seu lar. Não tinha geladeira em casa. Dias antes
havia olhado alguns aparelhos em algumas lojas. Interessou-se
por um aparelho específico; custava, porém, R$
2.300,00. Para a sua realidade era uma utopia.
O diabo começou a deixar a irmã extremamente
preocupada e confusa, mas quando ela percebeu já estava
com a cartela de doações na mão. Sentindo que tinha
obrigação com a obra, pegou a cartela e esqueceu das
suas necessidades.
No outro dia, ela foi trabalhar normalmente. Seu
patrão pediu para ela ficar um pouco mais para acompanhar
dois técnicos que iriam fazer revisões rotineiras no
fogão e na geladeira. O rapaz do fogão apareceu e fez a
vistoria, mas o rapaz que iria olhar a geladeira não apareceu.
Então, ela telefonou para o seu patrão e disse que o
rapaz não tinha aparecido. O seu patrão respondeu que
havia mudado de idéia e que estava dando aquela geladeira
para ela.
A geladeira era bem melhor do que aquela que ela
tinha visto na loja. Ela confessa não ter palavras para
agradecer ao Senhor por aquilo que Ele tem feito e demonstrado
em sua vida. Ele é o Senhor dos senhores,
dono do ouro e da prata. Gloria a Deus por tudo isso!
JESUS, O ADVOGADO QUE
REVERTE CAUSA
USAS
PERDIDAS.
A irmã Corina Amaral é psicóloga e professora
aposentada. Quando estava em atividade, exerceu uma
função gratificada. Há cerca de um ano e meio resolveu
entrar na Justiça com um pedido de incorporação da gratificação
em sua aposentadoria.
Ela contratou um advogado para acompanhar o
processo, o qual respondeu que não iria cobrar dela uma
causa que, de antemão, sabia estar perdida. Então, ela
disse que Jesus seria o seu advogado.
Seguiu acompanhando o processo, telefonando e
pedindo sempre que Jesus defendesse a sua causa. Durante
todo este tempo, participou de todas as campanhas
da União Feminina, sempre colocando a sua causa diante
do Senhor.
No mês de outubro, ficou surpresa quando, ao receber
a sua aposentadoria, viu que tinha dinheiro a mais.
Puxou o comprovante de pagamento na máquina e viu
que a sua gratificação havia sido incorporada ao seu salário.
Dá glórias a Deus pela vitória alcançada. Quando
para o homem a causa é impossível, para Deus não existe
nada impossível.
Ela é dizimista fiel, e diz que Deus nunca deixou
faltar nada. A irmã Corina afirma que “a vitória financeira
é muito importante. Além de prover as nossas necessidades,
importante mesmo é o recado que Deus quer dar
com a vitória: ‘Eu estou aqui, bem ao teu lado, cuidando
de ti, das tuas lutas,...’”
A irmã Corina diz que na sua vida ainda existem
lutas grandes que ela ainda não obteve vitória, mas que
crê que, no tempo certo, Deus vai lhe conceder a vitória.
Agradece a Jesus por Ele fazer sentir a Sua maravilhosa
presença na sua vida, renovando a sua esperança e dando
a certeza de novas vitórias.
DEUS DEVOL
OLVE SERVIÇO E
DÁ RECONHECIMENTO
PROFISSIONAL.
O marido da irmã Aline Bittencourt é supervisor
de uma grande empresa. Certo dia, o seu chefe imediato
deu-lhe alguns dias de folga e disse que lhe chamaria
quando fosse para ele retornar. Passada duas semanas,
como não foi chamado, procurou a empresa e foram-lhe
apresentadas duas opções: ou aceitaria trabalhar em uma
filial bem distante ou seria despedido. Ele saiu bem triste
da empresa e foi buscar sua esposa na Igreja. Acabou
assistindo todo o culto com ela. No retorno para casa, ele
explicou toda a situação para sua esposa. A irmã Aline
percebeu que o fato dele ter ido à Igreja era sinal de que
estava reconhecendo que só Deus poderia lhe ajudar.
Então, ela pediu a Deus que, se fosse da vontade
d’Ele, o chefe geral chamasse o seu marido de volta para
trabalhar. Depois de alguns dias, o mesmo homem que
havia dispensado seu marido, mandou chamá-lo para
reassumir o cargo. Ela agradeceu muito a Deus, mas ainda
desejava que seu marido fosse reconhecido profissionalmente
por seu chefe. Fez prova com Deus, e logo ela
recebeu uma profecia em que o Senhor falava que até o
final do ano seu marido receberia um presente da parte
de Deus.
E, para a honra e a glória do Senhor, no dia 31/12/
04, às 23h50min, o marido da irmã Aline contou a ela,
surpreso, a atitude que seu chefe geral tivera naquele
dia. Até então ele nunca havia sequer lhe cumprimentado,
mas, de uma hora para outra, ele o procurou impressionado
com seu talento. Apertou sua mão, elogiou, reconheceu
a sua competência e a seriedade de seu trabalho.
Deus é fiel!
“Não escolheste vós a mim, mas eu vos escolhi a
vós, e vos nomeei, para que vades e deis frutos, e o vosso
fruto permaneça, a fim de que tudo quanto em meu nome
pedirdes ao Pai ele vos conceda”. (João 15:16)
O RESULTADO DA
FIDELIDADE NO DÍZIMO:
DEUS ABRE AS PORTAS.
O irmão Roque Amauri Teixeira, de 38 anos, é natural
de Santo Ângelo. Quando era criança, seus pais se
converteram a Jesus e ele, até os 14 anos de idade,
freqüentava a escola dominical. Mas, já na sua adolescência,
não quis continuar nos caminhos do Senhor.
Aprofundou-se no mundo das drogas. No entanto,
como Deus tinha um grande propósito na sua vida, chamou-o
por meio de uma enfermidade que fez seus rins
perderem a função, sendo desenganado pela medicina.
Fez hemodiálise por 10 anos e 7 meses. Pela misericórdia
de Deus, fez um transplante no dia 19 de outubro
de 2004. Após 6 meses, sentiu uma dormência no seu lado
direito. Isso ocorreu na semana do Congresso de Missões
de Sapucaia do Sul, mas não quis abandonar o trabalho
de Deus. Na segunda-feira, logo após o Congresso, foi
consultar no Hospital de Clínicas. Bateram uma tomografia
e constataram um tumor no cérebro, do lado esquerdo,
que atingiu a coordenação motora do lado direito.
Chegou a ficar paralítico, tomou 5 tipos de antibióticos
por 40 dias, não obtendo resultado. Já estava com a
língua enrolada e não estava enxergando quase nada.
Falaram-lhe que teria que fazer uma biópsia na cabeça,
no Hospital São José, mas ele preferiu confiar em Jesus.
Lembrou-se do testemunho do Missionário Jean André,
que, no momento em que esteve enfermo, cantava o hino
da irmã Ana: “Se estás na presença de Deus, tu não tens o
que temer”. Da mesma forma, ele começou a cantar e se
alegrar com Deus. Quando chegou ao Hospital São José,
ficou em um quarto com cinco pacientes piores do que
ele.
Logo que entrou no quarto, fizeram um
eletrocardiograma, e, naquele momento, entrou um irmão
que era funcionário do Hospital e havia ido orar por
um paciente que estava no mesmo quarto. Sentiu de pedir
oração e sua esposa teve o mesmo sentimento. Porém,
esse irmão já havia saído do quarto. Foi quando sua
esposa falou que ele voltaria. Assim que terminou de falar,
o irmão adentrou ao quarto dizendo que Deus havia
pedido que ele voltasse para orar pelo irmão Roque.
Esse irmão perguntou o que ele tinha. Ele respondeu
que iria fazer uma biópsia na cabeça. Então, o irmão
afirmou, com muita certeza, que os médicos não encontrariam
nada. Orou com fé, decretando a cura. O irmão
Roque sentiu um calorão dos pés a cabeça e, naquele
momento, Deus queimou aquela enfermidade.
O Pr. Guaraci (2° Vice-Presidente do Ministério
Restauração), todas as vezes que ia visitá-lo, dizia: “Fica
confiante, irmão Roque, Deus vai te dar vitória”. Todos
lhe confortavam e davam palavras de ânimo. Ele estava
confiando. Deus havia usado o Ev. Ezequiel, de Porto Alegre,
para lhe dizer que Deus estaria com ele onde ele
estivesse.
No segundo dia do Congresso, era o dia do seu
pagamento. Antes de sair de casa somou as contas que
tinha para pagar. Não iria sobrar nada para o dízimo. Seu
salário era de R$ 340,00. Resolveu, então, confiar em Deus
e pagou o dízimo antes das contas. Deus honrou o seu
propósito e abriu as portas. Naquele mesmo mês recebeu
R$ 1.670,00. Deus é onisciente e sabe das necessidades de
seus filhos.
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
06 6 07
7
“Mas, vós sois a geração eleita, o
sacerdócio real, a nação santa, o povo
adquirido para que anuncieis as virtudes
daquele que vos chamou das trevas para a
sua maravilhosa luz” I Pe 2.9.
Testemunho: JOVEM DEIXA O
FUTEBOL PARA SEGUIR A CRISTO
Querido leitor, sou Cristian Jaderson
Souza Ferreira, tenho 19 anos de idade,
nasci em São Borja, lugar onde morava
juntamente com meus familiares antes de
vir para Porto Alegre tentar realizar um
antigo sonho: ser um grande jogador de
futebol.
Eu era um jovem apaixonado pelo
futebol. Quero contar uma grande experiência
que eu tive com Deus, que mudou
a minha vida. Dentro do futebol, Deus começou
a falar comigo dizendo que aquela
prática era errada. No entanto, como eu
estava muito apegado, tinha medo de perguntar
para Deus se o futebol realmente
lhe desagradava. Com o passar do tempo,
Jesus começou a trabalhar em minha vida,
permitindo que muitas coisas acontecessem
comigo. Conhecido como “São
Borginha” no meio futebolístico, recebi diversas
oportunidades, passei por vários times
conhecidos como, por exemplo, o
Caxias e o Atlético Paulistinha, além de ter
propostas para ir para o Ajax da Holanda,
Atlético Mineiro e Cruzeiro de Belo Horizonte.
Porém, nada dava certo para mim,
pois Deus queria ter um compromisso comigo.
Contudo, como eu ia ter um compromisso
com Deus se eu amava mais o
que era do mundo do que a Deus? Como
eu poderia ser amigo de Deus se a Bíblia
nos diz que qualquer que quiser ser amigo
do mundo constitui-se inimigo de Deus? (Tg
4.4)
Com meu coração perturbado, comecei
então a pedir a Deus que me desse
uma direção. Perguntava ao Senhor se o
futebol o agradava ou não. Então, Deus
começou a provar-me. Percebi isso quando
eu falei para um jovem que jogava juntamente
comigo sobre o que estava escrito
na Bíblia: “Não ameis o mundo, nem o
que no mundo há. Se alguém ama o mundo
o amor do Pai não está nele; porque
tudo que há no mundo, a concupiscência
da carne, a concupiscência dos olhos e a
soberba da vida, não procede do Pai, mas
procede do mundo. Ora, o mundo, passa
bem como a sua concupiscência; aquele,
porém que faz a vontade de Deus permanece
eternamente.” (I Jo 2.15-17) Tendo ouvido
essas palavras, aquele jovem disseme:
“Então você não pode jogar futebol,
porque o futebol é mundano!” Essas palavras
fizeram com que eu ficasse pensativo.
Era Deus me dando sinais, sentia isso
em meu coração, porém eu sempre procurava
fugir deste assunto.
Naquela oportunidade, eu tinha recebido
uma proposta para ir jogar no Cruzeiro
de Belo Horizonte, mas nada ocor-
reu como eu queria. “Há caminhos que
ao homem parecem direitos, mas o fim
deles são caminhos de morte.” (Pv 14.12)
Por estar muito lesionado, os planos mudaram:
o empresário de um famoso jogador
profissional, da Seleção Brasileira,
decidiu que eu iria para o Internacional.
No entanto, um dia antes de apresentar-me
no time, estourei meu joelho.
Com isso, retornei para o lugar onde, aos
14 anos, estive, e lá fiquei atirado, sendo
desprezado após ter sido considerado um
grande jogador. Tendo eu recebido anteriormente
inúmeros elogios, além de
muitas coisas oferecidas pelo diabo (Mt
4.4), não suportei aquela situação, e entrei
em uma profunda tristeza, ao ponto
de ir buscar refúgio na droga chamada
crack. “O diabo veio para matar roubar
e destruir, mas Jesus veio para dar vida
e com abundância.” (Jo 10.10) Hoje vejo
que tudo era permissão de Deus para
que eu entendesse a vontade dele. Nessa
situação, meus familiares aceitaram
sair de São Borja e, após eles terem vindo
para Porto Alegre, fiz a cirurgia e
retornei para o Internacional. Porém,
após apenas um dia de treino, fui parar
no hospital, parecendo que ia morrer.
Após vários livramentos, resolvi
aceitar a vontade do Senhor manifesta
através da Sua Palavra. Sabendo que
essa competição não faz parte da vontade
de Deus porque ele é Santo (Hb 14.12),
larguei definitivamente o futebol.
Ao abandonar o futebol, fui
grandemente abençoado. Hoje, com
toda a convicção posso dizer que, se quisermos
agradar a Deus e sermos abençoados
por Ele, devemos negar a nós
mesmos. “Então, disse Jesus aos seus discípulos:
Se alguém quiser vir após mim,
renuncie-se a si mesmo, tome sobre si
a sua cruz e siga-me.” (Mt 16.24) Faça
assim você também e o mesmo Deus
que tem me abençoado, abençoará a
sua vida.
A Bíblia contém várias histórias
e, dentre estas, estão as que falam sobre
deserto. Em geral, todas as vezes
que olhamos para estes relatos, temos
uma visão negativa. Sempre imaginamos
que o deserto é apenas lugar de
sofrimento e provação. No entanto, ao
findar a leitura destas poucas linhas, desejo
que você possa ter uma nova visão a
respeito deste assunto.
Podemos ler na Palavra de Deus
que Jesus foi levado pelo Espírito Santo
ao deserto (Mt 4.1) e só vai para o deserto
aquele que é guiado pelo Espírito Santo
de Deus. No sentido literal, em uma
região desértica não é possível encontrar
água e, consequentemente, também
não há vegetação. As únicas coisas
que encontramos são pedras e inúmeros
grãos de areia. Durante o dia o calor
é intenso e, à noite, há queda violenta
da temperatura, chegando a causar
geada, trazem sofrimento a quem lá
está. Além disso, os ventos soprando
sobre os grãos de areia formam montes
e vales, dificultando até mesmo o simples
ato de caminhar.
Deserto, lugar de oportunidades
Apesar de tudo isso, não podemos
deixar de aproveitar a oportunidade
de aprendermos com Deus aquilo que
Ele quer nos ensinar quando somos levados
ao deserto pelo Espírito Santo.
No sentido espiritual, o Senhor
nos mostra, paradoxalmente, que, neste
lugar de sofrimento, das pedras brota
água para saciar a nossa sede; o sol,
que está a nos molestar, faz-nos firmes
em meio às dificuldades; os montes e
vales nos ensinam que devemos ser humildes
tanto quando estamos em alta,
como quando estamos em baixa. Os
muitos grãos de areia nos mostram as
incontáveis bênçãos de Deus para nossas
vidas.
Lembre-se que, depois de certo
período no deserto, quando já estamos
quase desfalecendo, surgem algumas
miragens. Isso é o diabo tentando convencer-nos
que aquilo que ele tem é me-
Jovem, você precisa ler!
A indicação desta edição vai para a série “Este Mundo
Tenebr
enebroso”,
de Frank E. Peretti. Composta por dois volumes,
é uma agradável e, ao mesmo tempo, intensa leitura acerca
da guerra espiritual e da necessidade da oração, sendo listada
pela crítica como uma das melhores séries do gênero ficção
espiritual.
Artigo: DESERTO-
UMA NOVA VISÃO
Retir
etiro o para a Juventude no Carnaval já está marcado
cado.
Uma grande festa espiritual marcou o último retiro da juventude, ocorrido no primeiro final de semana
de novembro. Aproximadamente 120 jovens estiveram reunidos durante dois dias para, juntos, buscarem a
face do Senhor. Deus manifestou-se de uma forma muito especial, com batismo no Espírito Santo, libertação e
transformação de vidas. Muitos deixaram o local já com saudades daqueles períodos de intensa comunhão
com o Espírito Santo. Por esse motivo, é com grande alegria que o líder de jovens, Ev. Plauto Vanzin, comunica
que já está tudo certo para o próximo retiro: “Porém, desta vez, Deus oportunizou um período mais longo.
Serão quatro dias de renúncia à carne, busca da presença de Deus e operações do Senhor Jesus” afirmou o
líder. Durante o carnaval, quando milhares entregam-se sem reservas aos prazeres carnais, o inferno será
abalado por uma juventude que se entregará, também sem reservas, ao seu Deus. Marque em sua agenda: de
24 a 28 de fevereiro de 2006. Programe-se, você não pode perder!
Maiores informações na Secretaria da Sede Geral.
lhor do que estar em um deserto com Cristo.
Porém, miragem é algo falso, algo irreal.
O diabo não tem nada de bom: resista
a ele, submeta-se a Deus e ele terá que
fugir.
Uma Lição
Conta-nos certa fábula que certo
homem estava em uma jornada e, perdendo
a direção, foi por outro caminho,
chegando a uma região deserta. Em sua
caminhada cansou-se, teve fome. Todo o
dinheiro que ele possuía não tinha valor
algum, pois não havia onde comprar alimento
ou água.
Após caminhar muito em busca de
ajuda, encontrou um homem, que era vendedor
e, pedindo-lhe água, recebeu a seguinte
resposta:
- Não tenho água, porém tenho gravatas
para vender. O senhor deseja comprar
uma?
O viajante, enfurecido, disse:
- O que farei com uma gravata? O
que eu quero é água, comida e descanso.
Assim, não comprou a gravata e
seguiu sua viagem. Alguns quilômetros
depois encontrou outro vendedor de gravatas
e repetiu-se o que já havia acontecido
com o outro homem.
Depois de algumas horas de caminhada,
ele encontrou um belo hotel cinco
estrelas, com um excelente restaurante.
No entanto, quando foi entrar, avistou uma
placa que dizia: “Entrada permitida somente
para homens trajados de gravata”.
Com essa história, desejo mostrar
que, ao invés de murmurar, devemos aproveitar
as oportunidades que se apresentam
em períodos de provação. No mínimo,
você irá aprender a viver uma vida
guiada pelo Espírito Santo, e sua comunhão
com Deus será grandemente
fortalecida.
No deserto, o Senhor Jesus venceu
o diabo, a tentação, além de ter vencido,
também, a cobiça e a ambição pelas coisas
deste mundo. Depois dessas vitórias,
Jesus saiu do deserto, escolheu alguns discípulos
e sua fama espalhou-se pela terra.
Pense
nisto: Após sua
estada no de-
serto, , você es-
tará apto para
dizer “sou discípulo
de Je-
sus”.
Maxiliano
Martins
Membro da
Sede Geral e
componente
da Juventude.
René Gbago Guilavogui,
nascido no dia 1°/01/1975, natural
de Macenta- República da
Guiné. Vanessa da Silva Carvalho,
nascida no dia 15/04/1983,
natural de Porto Alegre-Brasil.
Trajetórias diferentes, culturas
diferentes. Em comum, somente
a chamada missionária e o
ardor pelas almas perdidas.
Porém, para Deus, que os
criou, não há diferenças!
Aprouve a Ele uni-los e enviálos
ao campo missionário para
arrebatar muitas almas das
mãos do maligno no continente
africano. Às 20h do dia 23 de
setembro, uma belíssima cerimônia
no templo sede do Ministério
Restauração celebrou
a união desses dois jovens que,
pouco tempo depois, no dia 02
de outubro, partiram rumo à
Macenta, uma pequenina cidade
de Guiné Conacry, cumprindo,
assim, a ordem do Senhor.
Leia abaixo alguns trechos
de uma entrevista concedida
por eles ao Espaço Jovem
Geração Eleita:
CONVERSÃO
Pr. . René Guilavogui - Tudo começou
na minha infância. Eu tinha 6 anos de
idade e ainda morava em minha cidade
natal, Macenta (lê-se Massantá), quando
ouvi falar sobre Deus pela primeira vez.
Deus usou uma mulher muçulmana para
me dizer que Ele existe e que pode ver
todas as pessoas, não importa o lugar onde
elas estejam. Aquela era a primeira vez
na minha vida em que eu estava ouvindo
alguma coisa sobre Deus. Essas palavras
tiveram um forte impacto na minha vida e
nunca saíram do meu coração.
O tempo passou e Deus enviou um
servo Seu do Tongo (um país africano)
para Guiné. Esse homem de Deus casouse
com minha irmã. Ele tinha uma vida de
oração e leitura da Palavra de Deus. Na
casa deles, havia cultos domésticos todos
os domingos e quartas-feiras e eu participava,
com muita alegria, daqueles cultos.
Deus usou muito este homem para me ajudar
espiritualmente, e materialmente também,
pois foi com ele que aprendi a minha
profissão.
Algum tempo depois, fui morar na
capital do país. Quando cheguei em
Conacry, esqueci um pouquinho o meu
Deus. Mas, na casa onde eu morava tinha
um homem que ia à igreja. Ele sempre orava
antes de dormir e quando acordava.
Um dia, quando eu tinha aproximadamente
12 anos, pedi a ele que me levasse à
igreja. Ele levou-me e, então, eu me entreguei
totalmente a Jesus, passando, a
partir daquele dia, a ser fiel a Deus.
O primeiro milagre que o Senhor
fez por mim foi me ensinar a ler em francês.
Minha irmã ria de mim, pois dizia que
era impossível que eu conseguisse ler naquele
idioma. Mas, para mim não era, porque
o meu Deus é um Deus de milagres.
Eu tinha fé que Ele iria me ensinar a ler
para que eu pudesse ler a Bíblia. E isso realmente
aconteceu.
Assim, minha fé foi se fortalecendo
e, antes mesmo de ser batizado nas águas,
o Senhor já havia me batizado com Seu
Espírito Santo.
Miss. Vanessa Guilavogui – Eu conheci
Jesus quando tinha apenas nove anos
de idade na Escola Bíblica Dominical. Desde
a primeira vez que ouvi falar de Cristo,
Sua Palavra entrou no meu coração como
uma semente que, com o passar do tempo,
começou a germinar. Deus, então, começou
uma grande obra na minha vida.
Graças a Deus, cresci conhecendo Jesus e
nunca o deixei. Quando fiz 13 anos de idade,
batizei-me e comecei a trabalhar mais
ativamente em sua obra.
CHAMADA A PARA O MINISTÉRIO:
Pr. . René – Bem, eu comecei a trabalhar
pra Deus limpando a igreja. Era meu
primeiro serviço na Sua obra e, pela graça
de Deus, posso dizer que eu fui muito
fiel àquilo que Deus havia colocado em minhas
mãos para fazer. Com o passar do
tempo, minha intimidade com Deus foi
aumentando e eu passei a ter uma vida de
constante oração e consagração. Deus,
então, começou a revelar-me que eu tinha
um ministério pastoral para desenvolver.
Para mim, era algo muito difícil porque,
apesar de já ter capacidade para ler,
eu ainda não conseguia escrever. Como
eu iria para a Escola de Pastores daquela
forma? Então, eu comecei a orar para que,
se aquilo fosse realmente de Deus, Ele me
ajudasse a escrever e, assim, eu pudesse
ir à Escola.
Eu sentia esse chamado muito forte,
era como um fogo dentro de mim. Eu
ouvia uma voz audível me chamando para
a obra de Deus. No início eu falava para
Deus: “Não, eu não quero ser um pastor.
Posso até ajudar na igreja pregando, mas
quero apenas ajudar”. Na verdade, eu queria
ajudar a igreja financeiramente, mas,
ser um pastor, eu não queria. Porém, como
Deus é o dono da minha vida, é Ele quem
tem o plano da minha vida e não eu. Muitos
pastores do meu país me perguntavam:
“Irmão René, quando tu vais atender ao
chamado de Deus? Vemos que tu tens uma
chamada de Deus”. Não era somente eles
que falavam, mas também o Espírito de
Deus falava diretamente no meu coração.
Chegando o tempo de Deus, eu não pude
mais resistir. Vi a necessidade do meu país.
Lá, muitos jovens estão com suas vidas
estragadas com drogas, feitiçaria. Muitas
almas estão morrendo sem Jesus. Tudo isso
doía em meu coração. Deus queria usarme
para ganhar essas almas pra glória
d’Ele.
Oito anos antes de ir pra Escola Bíblica,
eu já pregava. Fui, então, para a Escola
e comecei a estudar. Terminei o curso
e ganhei o diploma. Para a glória de Deus,
eu fiquei em 1° lugar na minha turma. Sei
que tudo isso foi uma confirmação da obra
que Deus tem em minha vida. Deus foi
cumprindo suas promessas e, hoje, sou um
pastor e, já casado, estarei pastoreando a
igreja de Macenta, minha terra natal.
Miss. Vanessa – O primeiro trabalho
que comecei a fazer para Deus foi ainda
na minha infância. Eu participava da
Escola Bíblica Dominical e ajudava a professora
a reger o coral infantil. Depois que
me batizei, eu comecei a trabalhar na recepção
da igreja. Depois Deus me chamou
para um trabalho mais específico, comecei
trabalhar diretamente com crianças na
Escola Dominical. Eu me converti na EBD
e Deus preparou-me ali para o futuro. Deus
já sabia que um dia eu ia precisar trabalhar
com crianças. Então, quando eu estava
trabalhando na recepção da igreja e
na Escola, Deus me chamou para um outro
trabalho, o trabalho missionário. A primeira
vez que Deus falou comigo sobre a
obra missionária foi em uma consagração
no sábado, na primeira consagração que
eu fui depois que me batizei, e lembro que,
como era a primeira vez que eu estava
jejuando o dia inteiro, eu comecei a sentir
muita fome. Quando eu decidi ir embora,
começou um período de Palavra e louvor
e o irmão que pregou foi usado por Deus
para falar comigo. Ele veio caminhando
até o lugar onde eu estava sentada e disse:
“Irmã, o teu lugar não é aqui, porque tu
és ganhadora de almas.” Quando eu ouvi
essas palavras, eu não entendi muito. Eu
pensei “será que Deus não quer que eu
fique nessa igreja?” Eu não entendi bem o
que Deus queria me dizer com aquelas palavras.
Comecei a orar e pedir que Deus
me desse um esclarecimento sobre aquelas
palavras. Passou-se algum tempo e
Deus começou a falar comigo através de
sonhos. Durante uma semana, Deus falou
comigo através de sonhos e, nesses sonhos,
cada dia eu estava em um culto, em um
lugar diferente. Era Deus me chamando
para a Sua obra.
Fiz a Escola de Missões Heróis da
Fé, onde aprendi muito sobre a obra
missionária. Mais tarde, em um Congresso
de Missões, Deus revelou-me o país para o
qual Ele me enviaria: República da Guiné.
Muitas coisas aconteceram e, milagrosamente,
Deus deu as condições necessárias
para que eu pudesse ir até lá fazer um
estágio missionário. Hoje posso ver a chamada
de Deus se cumprindo e eu sei que
isso é apenas o início da grande obra que
Ele tem a realizar através da minha vida.
CASAMENTO:
Pr. . René –A Bíblia afirma que no
fim dos tempos Deus se manifestará aos
homens através de sonhos e visões. E foi
dessa forma que Deus mostrou-me que
minha esposa seria uma brasileira. Eu nunca
havia tido nenhum contato com brasileiros,
por isso, quando eu falava o que
Deus havia me mostrado, ninguém acreditava
em minhas palavras. Eu mesmo,
muitas vezes, cheguei a duvidar de Deus,
achando que aquilo era algo impossível.
Mas, sempre que eu pensava em desistir
de crer no que Deus havia me revelado,
Ele confirmava mais uma vez a Sua promessa.
Então, eu decidi que não ia mais
duvidar.
No entanto, em vez de esperar o
tempo de Deus, comecei a querer agir com
minhas próprias forças. Decidi ir para a
Espanha, pois de lá seria mais fácil chegar
ao Brasil. Comecei a trabalhar e, junto com
um amigo, juntei todo o dinheiro necessário
para irmos àquele país. Mas, esse não
era o plano de Deus e, de uma forma muito
triste, nós perdemos aquele dinheiro que
havíamos juntado, não conseguindo mais
viajar. Então, eu fiquei muito triste com
Deus. Porém, o Senhor sempre renovava
as minhas forças através de sonhos e visões.
Decidi então parar de me preocupar
com minha esposa e aceitar o chamado
de Deus para minha vida. Disse ao Senhor
que ia apenas crer em Suas promessas e
esperar o tempo certo.
Um dia, pela primeira vez na minha
vida, eu vi brasileiros: o Pr. Humberto
e o irmão Enoque. O Pr. Humberto havia
ido à África ministrar na Escola Pastoral.
Naqueles dias, Deus falou pra mim que
muito em breve eu conheceria a minha
noiva. Eu falei: “Tu és Deus. Eu creio em
ti!”. Quando eu soube que o Pr. Hubert, o
pastor-presidente da Assembléia de Deus
de Guiné, viria ao Brasil, o Espírito Santo
falou ao meu coração que mostraria a ele
a moça que seria a minha esposa. Falei
isso ao Pr. Hubert e ele ficou um pouco
bravo comigo porque - dizia ele - não estava
vindo ao Brasil procurar uma esposa
pra mim, ele vinha ao Brasil fazer a obra
de Deus. Mas eu tinha convicção daquilo
que Deus havia falado comigo. Então,
quando o Pr. Hubert voltou de sua viagem,
ele me chamou e contou que, quando chegou
na Associação Missionária Heróis da
Fé e viu a irmã Vanessa, o Espírito Santo
realmente falou pra ele que aquela era a
moça que seria a minha esposa. Ele não
falou nada com ela a esse respeito, mas
Deus fez com que ele pegasse o e-mail da
Associação para que eu pudesse entrar em
contato. Assim, começamos, eu e Vanessa,
a conversar e Deus foi cumprindo tudo o
que tinha me prometido. Três meses antes
de terminar a Escola Pastoral, eu conheci a
minha noiva lá em Guiné, como eu havia
pedido ao Senhor. Aquilo que parecia impossível,
Deus tornou realidade, porque nenhum
de Seus planos pode ser frustrado!
MENSAGEM FINAL AOS JOVENS:
Pr. . René e Miss. Vanessa
- O apóstolo
Paulo disse em sua Epístola aos
Coríntios que “as coisas que o olho não viu,
e o ouvido não ouviu, e não subiram ao
coração do homem são as que Deus preparou
para aqueles que O amam”. Nós
podemos dizer com certeza que as promessas
de Deus não falham e Ele tem promessas
específicas para cada moço e moça.
Com certeza, Deus vai cumprir cada uma
delas nas suas vidas. Deus abençoe aos
jovens do Brasil!
08
8 9
Primeiro Seminário para Professores
de Escola Bíblica na Sede Geral
No dia 15 de outubro, sábado,
quando foi comemorado o Dia do Professor,
realizou-se o primeiro Seminário
para Professores na Sede. Muitos
professores da Sede e de várias congregações
estiveram reunidos em consagração,
com jejum, oração e estudo da
Palavra.
Esteve ministrando o Ev. James
Schimitt Vieira, que falou sobre aspectos
didáticos do ensino para adultos,
com a exposição de alguns métodos
possíveis de serem utilizados e formas
de otimização de seu uso.
Após, a irmã Maria Schimitt
Vieira ministrou sobre o ensino transformador,
chamando a atenção para a
necessidade de o ensino atingir mais do
que somente o intelecto, mas, principalmente,
o espírito das pessoas, produzindo
uma transformação, levando-as a
um real encontro com Deus. Destacou
o exemplo do apóstolo Paulo, que, até
o final de sua vida, preocupou-se com
o estudo da Palavra e com a edificação
na unção do Espírito Santo, estando aí
a diferença entre um aio, que era um
simples educador, tipo abundante naquela
época, do pai, que era como o
apóstolo era considerado para a igreja
primitiva.
A seguir, a Dcª Gládis Machado
esteve ministrando sobre a prática da
escola bíblica dominical, destacando
temas importantes, tais como a criação
de classes diferenciadas conforme a faixa
etária, a assistência social para a igreja.
Destacou a necessidade de haver separação
entre o ministério do ensino
da Palavra e o trabalho social, conforme
mostra-nos o perfil da igreja primitiva
no livro de Atos dos Apóstolos, res-
saltando que o trabalho social do Ministério
está vinculado à ABRASCE (Associação
Brasileira de Assistência Social,
Cultural e Recreativa), entre outros
aspectos importantes, seguidos de
exemplos vividos na prática, para o
bom desenvolvimento do ministério do
ensino nas igrejas.
Por último, foi realizado um bloco
pedagógico. A Dcª Sirlei Mota e a
irmã Rosane Rodrigues falaram sobre a
utilização de recursos didáticos
audiovisuais, com a demonstração de
alguns exemplos de materiais confeccionados.
Em seguida, a irmã Rafaela
Vivian falou sobre os estágios da educação
infantil e a sua importância no desenvolvimento
de atividades em classe,
como a observação das várias maneiras
de comunicação das crianças, na
forma falada ou não, demonstrando a
exteriorização de uma realidade interna,
possibilitando ao professor ajudar a
criança naquilo em que ela não consegue
expressar de uma forma mais adequada.
Todos os presentes foram abençoados
naquele dia de estudos e oração.
Cada inscrito recebeu uma apostila
com todos os conteúdos ministrados
e um certificado pela participação no
seminário.
Há o plano para que dias como
aquele, com seminários acompanhados
por oração e jejum, sejam realizados
mais freqüentemente na Sede em um
dia de sábado, mensal ou
bimestralmente. Orem para que Deus
confirme esse projeto. E prepare-se para
participar e ser edificado, juntamente
com sua família e sua Congregação.
Querida criança
Leia esta história e preste
a atenção no conteúdo da sua
mensagem.
Intercessor
Durante uma das viagens
da Rainha Vitória da Inglaterra,
um menino estava ansioso para
vê-la. Resolver ir ao castelo
onde ela estava hospedada. Lá
chegando, disse que desejava
encontrar-se com a soberana. A
sentinela impediu sua entrada e
mandou-o embora.
O menino deu meia volta
e começou a retirar-se, com lágrimas
nos olhos.
Não havia caminhado
muito, quando se encontrou
com o príncipe de Gales que indagou
porque chorava.
- Desejo ver a rainha e o
soldado não me deixou entrar!
Respondeu.
- Não deixou? Falou o príncipe
admirado.
- Venha comigo. Eu o levarei
perante a rainha. E, tomando-o
pela mão, conduziu à presença
da soberana. Esta, surpresa,
perguntou ao filho quem era
aquele menino visitante.
- Este menino estava ansioso
para vê-la e eu o trouxe
para cá.
A soberana o recebeu
com todo o carinho e, ao despedir-se
dele, deu-lhe um presente
em dinheiro.
Cristo é o nosso
intercessor junto a Deus.
Como o príncipe de Gales
apresentou o menino à rainha,
assim Jesus Cristo, nosso Senhor,
nos leva à presença do Pai.
Há um só Deus
e um só mediador
Entre Deus e os homens,
Jesus Cristo, homem.
1 Timóteo 2.5
Você criança já aceitou a
Jesus em teu coração ele já é o
teu mediador junto ao Pai. Mesmo
nascendo em um lar cristão
você necessita aceitar Jesus em
seu coraçãozinho e levar a outras
crianças a Jesus Cristo e
recebê-lo.
Equipe de Evangelismo
Criança Restaurada é Criança
Feliz.
Você irmão que quer a
participação da equipe de
evangelismo infantil na sua
Congregação entre em contato
com a irmã Girena, pelo telefone:
3319-3022.
Irmã Rosângela
Rodrigues
Este Encarte é parte integrante do Jornal
Restauração - Órgão Oficial de
Divulgação da Igreja Pentecostal
Assembléia de Deus Ministério
Restauração
Rua Vigário José, 355 - Bairro Centro
Porto Alegre - RS
Fone (51) 322-19-322
ANO 3 - N° 12 - JANEIRO DE 2006
Sua vida
na terra e por
toda a eternidade
será afetada
por esta pergunta.
http://www.jesuswho.org/portugues/
Em qualquer parte do mundo
que você for e conversar com alguém,
independente da religião que essa pessoa
professa, se ela conhece alguma coisa
sobre a história terá de admitir que nunca
houve um homem como Jesus de Nazaré.
Ele é a personalidade mais singular de todos
os tempos.
Jesus mudou a direção da história. Por
mais atéia que a pessoa seja, ao abrir um livro
de história, este testificará o fato de Jesus de
Nazaré ter vivido na terra há mais de 2.000 anos.
Os livros de história marcam claramente a vinda
de Jesus com as seguintes referências: “a.C.”, significando
“antes de Cristo”, e “d.C.”, significando “depois
de Cristo”.
Sua Vinda Foi Predita
Centenas de anos antes do nascimento de Jesus,
foram registradas nas Escrituras as palavras dos
profetas de Israel que anunciaram Sua vinda. O Antigo
Testamento foi escrito por muitas pessoas durante um
período de 1.500 anos, contendo mais de 300 profecias
descrevendo a Sua chegada.
A vida que Jesus viveu, os milagres que Ele fez, as
palavras que Ele falou, Sua morte na cruz, Sua ressurreição
e Sua ascensão aos céus - todos esses fatos demonstram
que Ele não foi um simples homem, porém, mais do
que isto. Ele mesmo afirmou: “Eu e o Pai somos Um” (João
10.30), “Quem me vê, vê ao Pai” (João 14.9), e “Eu sou o
caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não
ser por mim.” (João 14.6).
Sua Vida e Mensagem Causam Mudanças
Olhe a vida e a influência de Jesus de Nazaré, o
Cristo, através da história e você verá que Ele e a Sua
mensagem têm produzido grandes mudanças na vida de
homens e nações. Por toda parte onde os Seus
ensinamentos e influência tem chegado, a santidade do
casamento, os direitos e a opinião das mulheres na sociedade
foram reconhecidos; escolas e universidades de ensino
superior foram estabelecidas; leis para proteger crianças
foram feitas; a escravidão foi abolida; e uma grande
quantidade de outras mudanças foi feita para o bem
da humanidade.
“Aquele que introduz nos negócios públicos o princípio
do cristianismo primitivo mudará a face do mundo.”
Benjamin Franklin, século XVIII, norte-americano inventor
e político.
Lew Wallace, famoso general e gênio literário, era
um ateu conhecido. Ele estudou nas principais bibliotecas
da Europa e América procurando informações que destruíssem
para sempre o cristianismo. Enquanto redigia o
segundo capítulo de um livro que planejava escrever, subitamente
encontrou-se de joelhos chorando e clamando
por Jesus, dizendo: “Meu Senhor e Meu Deus.” Por causa
das evidências sólidas e irrefutáveis, ele não podia mais
continuar a negar que Jesus Cristo era o Filho de Deus.
Mais tarde, ele escreveu “Ben Hur”, considerado um dos
melhores romances ingleses, jamais escrito acerca da
época de Cristo.
Quem é Jesus de Nazaré para você?
A sua vida nesta terra e por toda eternidade é determinada
por sua resposta a esta pergunta. A maior parte
das religiões foi fundada por homens e está baseada
em filosofias, regras e normas de conduta feitas por eles.
Tirem os fundadores destas religiões de suas disciplinas e
práticas de adoração e pouco será mudado. Mas tire Jesus
Cristo do cristianismo e não teremos nada.
O cristianismo bíblico não é apenas uma filosofia
de vida, nem um padrão ético ou obediência a um ritual
religioso. O verdadeiro cristianismo está baseado numa relação
vital e pessoal com um Salvador ressuscitado e vivo.
“Honestamente não sei o que será da civilização e
da sua história se a influência acumulada de Cristo, tanto
direta como indireta, for erradicada da literatura, da arte,
das transações comerciais e dos padrões morais e criativos
nas diferentes atividades da mente e do espírito.” Dr.
Charles Malik (Libanês), ex-presidente da Assembléia
Geral das Nações Unidas.
Um Fundador Ressuscitado
Jesus de Nazaré foi crucificado numa cruz, sepultado
num túmulo emprestado e três dias depois ressuscitou
entre mortos; neste aspecto o cristianismo é singular.
Qualquer argumento para validar o cristianismo depende
da prova da ressurreição de Jesus de Nazaré.
Através dos séculos, a maioria dos grandes eruditos
que tem considerado as provas da ressurreição tem
acreditado e ainda acreditam que Jesus está vivo. John
Singleton Copley, reconhecido como uma das maiores
mentes jurídicas da História Britânica, comentou: “Eu sei
muito bem o que são provas e digo a vocês que provas
como as da ressurreição nunca falharão.”
Razões Para Crer
A ressurreição é essencial para a fé de um cristão.
Existem várias razões que levam aqueles que estudam a
ressurreição a crerem que ela é verdadeira:
1ª) Predita: Jesus predisse Sua morte e ressurreição,
e elas aconteceram exatamente como Ele previu
(Lucas 10.31-33).
2ª) O túmulo vazio: a ressurreição é a única explicação
plausível para Seu túmulo vazio. O túmulo onde
eles colocaram o corpo de Jesus estava rigorosamente
guardado por soldados romanos e selado com uma enorme
rocha. Se Jesus não estivesse morto, mas somente
desmaiado, os guardas e a pedra teriam impedido a Sua
fuga, ou qualquer tentativa de resgate por parte dos Seus
Quem é Jesus de
Nazaré para Você?
seguidores. Os inimigos de Jesus não teriam tirado o corpo
do túmulo, já que o desaparecimento do Seu corpo do
túmulo só ajudaria a encorajar a crença na Sua ressurreição.
3ª) Encontro pessoal: a ressurreição é a única
explicação para as aparições de Jesus Cristo aos Seus discípulos.
Após Sua ressurreição, Ele apareceu pelo menos
10 vezes àqueles que O haviam conhecido e para outras
500 pessoas de uma só vez. O Senhor provou que estas
aparições não eram alucinações: Ele comeu e falou com
eles e permitiu que eles O tocassem. (1 João 1.1).
4º) O nascimento da Igreja: a ressurreição é a
única explicação razoável para o início da Igreja Cristã. A
Igreja Cristã é, de longe, a maior instituição que existe ou
tem existido na história do mundo. Mais da metade do
primeiro sermão pregado tinha a ver com a ressurreição
(Atos 2.14-36). Obviamente, a igreja primitiva sabia que
esta era a base de sua mensagem. Os inimigos de Jesus e
Seus seguidores poderiam tê-los impedido a qualquer tempo,
simplesmente apresentando o corpo de Jesus.
5º) Vidas transformadas: a ressurreição é a única
explicação lógica para as vidas transformadas dos discípulos.
Eles O abandonaram antes da sua ressurreição;
depois da Sua morte estavam desencorajados e cheios de
medo. Eles não contavam com a ressurreição de Jesus.
(Lucas 24.1-11).
No entanto, após a Sua ressurreição e a experiência
deles no Pentecostes, estes mesmos homens, antes
desencorajados e desapontados, foram transformados
pelo grandioso poder do Cristo ressuscitado. Muitos perderam
as suas vidas por sua fé; outros foram terrivelmente
perseguidos. Suas atitudes corajosas não têm sentido à
parte de suas convicções de que Jesus Cristo tinha verdadeiramente
ressuscitado dos mortos, um fato pelo qual
valia a pena morrer.
Por causa da ressurreição de Jesus, Seus verdadeiros
seguidores não estão meramente seguindo um código
de ética de um fundador morto, mas, pelo contrário,
possuem uma relação vital e pessoal com o Senhor vivo.
Jesus Cristo está vivo e abençoa e enriquece fielmente a
vida de todos os que Nele confiam e obedecem. Através
dos séculos, multidões têm reconhecido a excelência de
Jesus Cristo, incluindo muitos que têm influenciado
grandemente o mundo.
O físico e filósofo francês Blaise Pascal falou da
necessidade que o homem tem de Jesus, quando disse:
“Existe no coração do homem um vazio do tamanho de
Deus, o qual, somente Jesus Cristo pode preencher.”
Você gostaria de conhecer Jesus Cristo pessoalmente
como seu Salvador? Ele está tão desejoso para estabelecer
um relacionamento pessoal e cheio de amor com
você, que já fez todos os preparativos necessários. Nas
próximas páginas apresentamos o endereço de algumas
Congregações onde você poderá buscar mais d’Ele. Não
perca mais tempo, vá hoje mesmo até uma delas. Disse
Jesus: “Eu Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em
mim, ainda que esteja morto, , viverá.” (João 11.25).
10
10
10
10
10 11
11
11
11
11
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
III
III
III
III
III
II
II
II
II
II
É T
É T
É T
É T
É Tempo de R
empo de R
empo de R
empo de R
empo de Restauração
estauração
estauração
estauração
estauração
CONGREGAÇÕES E SUBCONGREGAÇÕES ORDENADAS EM ORDEM ALFABÉTICA POR MUNICÍPIO
Cong./ Subcong. / Lig. à Cong ............... 1º Culto ......... Endereço .............................................. Bairro ............ Encarregado Cong./ Subcong. / Lig. à Cong ............... 1º Culto ......... Endereço .............................................. Bairro ............ Encarregado Cong./ Subcong. / Lig. à Cong ............... 1º Culto ......... Endereço .............................................. Bairro ............ Encarregado Cong./ Subcong. / Lig. à Cong ............... 1º Culto ......... Endereço .............................................. Bairro ............ Encarregado
CONGREGAÇÕES NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - RS
SEDE GERAL – EM PORTO ALEGRE
1 ...... Sede Geral .......................................... 14/04/04 ....... Rua Vigário José Inácio, 355 ...................... Centro .................. Pr. Humberto Schimitt Vieira
2 ...... Subcong. Alameda Sede Geral ............. 12/07/04 ....... Rua Ten. Ari Tarragô, 262 ........................... Vila São Miguel .... Ev. Sérgio Miguel Cortez
3 ...... Subcong. Azenha .. Sede Geral .................................. Rua Sebastião Leão, 253 ........................... Azenha ................ Ev. Moisés Xavier da Silva
4 ...... Subcong. Ilha da Pintada/Sede Geral ...... 27/04/05 ....... Rua Nª Srª da Boa Viagem, 1.006 ................ Ilha da Pintada ...... Pb. Eliezer Vargas
5 ...... Subcong. Santa Maria/Sede Geral .......... 06/05/04 ....... Rua Santa Maria, 2.110 .............................. Vila São José ....... Ev. Sérgio Cortez
6 ...... Subcong. Vila Jardim/Sede Geral ........... 01/10/04 ....... Av. dos Prazeres, 964 ................................ Vila Jardim ........... Pb. César Leandro da Silva
CONGREGAÇÕES DE PORTO ALEGRE
7 ...... Cong. Baltazar de O. Garcia ................... 03/11/04 ....... Av. Baltazar de O. Garcia, 2.484 .................. J. Leopoldina ........ Pr. Délcio S. Cordeiro Bueno
8 ...... Congreg. Passo das Pedras ................... 05/01/06 ....... Av. Vitória-Acesso 10, n ° 93 ...................... J. dos Coqueiros ... Pr. Delcio S. Cordeiro Bueno
9 ...... Cong. Caldre Fião ................................. 15/04/04 ....... Rua Caldre Fião, 357 ................................. Santo Antônio ....... Pr. Antônio A. Reis da Silva
10 .... Subcong. Glória .... Caldre Fião ............ 31/01/05 ....... Trv. Ramos, 248 ........................................ Glória .................. Dc. Pedro Santos da Silva
11 ..... Subcong. Oscar Pereira/Caldre Fião ............................ Av. Prof. Oscar Pereira, 3.356 ...................... Glória .................. Pb. José Luiz
12 .... Subcong. Rincão ... Caldre Fião ................................. Estr. Afonso Lourenço Mariante, 2.369 .......... Rincão ................. Pr. Sérgio Ferrari
13 .... Cong. Curupaiti ..................................... 14/04/04 ....... Rua Saibrera, 62 ....................................... Ecológica ............ Ev. Ari Couto Gomes
14 .... Subcong. Diário de Noticias/Curupaiti ...... 14/07/04 ....... Rua Diário de Noticias, s/n .......................... Cristal .................. Dc. Gilberto
15 .... Cong. Ipiranga ...................................... 23/04/04 ....... Av. Ipiranga, 6.107 ..................................... Partenon .............. Ev. Jorge Walker
16 .... Subcong. Alto da Colina/Ipiranga ............ 30/04/04 ....... Rua Alto da Colina, 42 ............................... Partenon .............. Pb. Alzir da Rosa
17 .... Subcong. Antônio de Carvalho/Ipiranga .... /09/04 .......... Av. Antônio de Carvalho, 463 ..................... Agronomia ........... Pb. Gelson da Silva
18 .... Subcong. Bom Jesus/Ipiranga ..................................... Rua 1, 107 ................................................ Vila Divinéia ......... Dc. Nilson Dias
19 .... Subcong. Av. do Forte/Ipiranga .................................... Av. do Forte, 732 .................................................................... Ev. Jorge Walker 19
20 .... Cong. Jardim Leopoldina ....................... 01/07/04 ....... Rua Martin Félix Berta, 560 ........................ Jardim Leopoldina . Ev. Agenor Melanedo
21 .... Subcong. Leopoldina III/J. Leopoldina ...... 10/10/04 ....... Rua A-10, 76 ............................................ Leopoldina III ........ Ev. Clésio Oli B. Santiago
22 .... Subcong. Timbaúva III/J. Leopoldina ....... 10/12/04 ....... Av. Faustino João, 374 .............................. Timbaúva III ......... Dc. Luiz Barcelos
23 .... Cong. Juca Batista ............................... 17/04/04 ....... Rua Juca Batista, 3.032 ............................. Aberta dos Morros .. Pr. Antônio Brizola
24 .... Subcong. Castelo .. Juca Batista ........... 01/08/04 ....... Estr. João Antônio da Silveira, 2.478 ............ Restinga .............. Ev. Adair do Santos
25 .... Subcong. Serraria .. Juca Batista ................................ Beco dos Amigos I, 128 ............................. Serraria ................ Pb. Moisés Virgínio
26 .... Cong. Morro Santana ............................. 03/06/04 ....... Rua 05, 230 - Beco 8, casa 11 ..................... Vila Laranjeiras ..... Ev. Jorge Lino
27 .... Cong. Navegantes ..................................................... Rua Acesso B-5, 24 .................................. Navegantes .......... Ev. Antônio Aguiar
28 .... Cong. Orfanatrófio .. Orfanatrófio ................................. Rua Orfanatrófio, 2.540 ............................... Cristal .................. Ev. Carlos Munhoz
29 .... Subcong. Otávio de Souza/Orfanatrófio ........................ Rua Otávio de Souza (Ac. do Sorriso) .......... Cristal .................. Ev. Carlos Munhoz
30 .... Cong. Otto Niemeyer ............................. 11/09/04 ....... Av. Otto Niemeyer, 1.613 ............................ Camaquã ............. Pr. Paulo Roberto dos Santos
31 .... Cong. Pinheiro ..................................... 01/10/04 ....... Estr.João O. Remião, 2.750 Pd. 6 ................ Lomba do Pinheiro . Ev. Jesus André da Silva
32 .... Subcong. Araçá ..... Pinheiro ................. 05/11/04 ....... Rua Arroio Grande, 232 .............................. Lomba do Pinheiro . Ev. José Ávila
33 .... Subcong. Bonsucesso/Pinheiro .............. 03/07/04 ....... Rua São Marcos, 255 ................................ Bonsucesso ......... Ev. Jesus André da Silva
34 .... Subcong. Estr. das Querinas/Pinheiro ...... 17/06/04 ....... Rua 1, 198 (Estr. das Querinas) ................... Rincão das Flores . Ev. Jesus André da Silva
35 .... Subcong. Quinta do Portal/Pinheiro ......... 21/04/05 ....... Estr. Afonso Lourenço Mariante, 4.679 .......... Lomba do Pinheiro . Pb. Luís Carlos
36 .... Subcong. Santa Paula/Pinheiro ............ 19/05/04 ....... Rua Santa Paula, 70 ................................... Agronomia ........... Ev. Jesus André da Silva
37 .... Cong. Santa Teresa ............................ 14/04/04 ....... Av. Moab Caldas, 1.761 ............................... Santa Teresa ....... Ev. Cipriano de O. Abraão
38 .... Subcong. Via das Flores/Santa Teresa .. 16/04/04 ....... Via das Flores, 66 ....................................... Santa Teresa ....... Pb. Jandir F. Gomes da Silva
39 .... Subcong. Rio Branco/Santa Teresa ....... 17/12/04 ....... Rua Rio Branco, 530 ................................... Santa Teresa ....... Ev. Vanderlei Luiz dos Santos
40 .... Cong. Sarandi .................................... 21/04/04 ....... Rua José Humberto Bronca, 1.032 ................. Sarandi ............... Pb. Francisco P. Oliveira
41 .... Subcong. Asa Branca/Sarandi .................................... Beco 2B, 370 ............................................. Sarandi ............... Aux. Airton Canabarro
42 .... Cong. Minuano ................................... 26/08/04 ....... Rua C, Trav 2, 125 ...................................... Sarandi ............... Ev. Valdelírio G.do Prado
43 .... Subcong. Nazaré/Minuano ......................................... Rua D, 493 ................................................. Sarandi ............... Pb. Derli da Silveira Oliveira
44 .... Subcong. Timbaúva II/Minuano ............ 01/07/05 ....... Rua 1918, 750 ............................................ Rubem Berta ........ Aux. Alexandre Nunes
45 .... Cong. São Borja ................................ 14/10/05 ....... Rua Senhor do Bom Fim, 403 ....................... Sarandi ............... Pb. Carlos de J. Rodrigues
46 .... Subcong. XV de Novembro/São Borja .... 16/09/04 ....... Rua 15 de Novembro, 108 ............................ Sarandi ............... Ev. Arlem Rumpel
47 .... Cong. Vila dos Comerciários ................ 14/04/04 ....... Rua Manoel Lobato, 305 .............................. V.Comerciários ..... Ev. Araceli A. Lopes
48 .... Subcong. Chapéu do Sol/Vila dos Comerc. ................... Rua Ubirajara Lemos Machado, 328 ............ Chapéu do Sol ...... Ev. Auri Birmann
49 .... Subcong. P. dos Maias/Vila dos Comerc. . 30/05/05 ....... Av. Major Manoel José Medeiros, 44 ............ Parque dos Maias . Ev. José Feijó Aquino
50 .... Subcong. Vila Teresina/Vila dos Comerc. 30/06/04 ....... Acesso da Paineira, 860 ............................ Vila Teresina ......... Ev. Manoel Irani da Silva
51 .... Cong. Vila Gaúcha ............................... 14/04/04 ....... Rua Dona Maria, 6 ..................................... Santa Teresa ........ Pr. Alfredo dos S. Mendes
CONGREGAÇÕES DO INTERIOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
........ ACEGUÁ – Supervisor: Pr. Richard Albino (51) 9696-4378 ou (53) 3247-1774.
52 .... Subcong. Aceguá .. Bagé ..................... 29/09/04 ....... Colônia Nova ........................................... Rincão das Flores . Pb. Eraldo Ortiz
........ ALEGRETE – Supervisor: Pr. Jorge Souza (55) 9152-9885 ou (55) 3423-3773.
53 .... Cong. Alegrete ..................................... 03/02/05 ....... Rua República do Rio Grande, 1.146 ............ Santos Dumont ..... Ev. Ângelo Rogério Backes
54 .... Subcong. Pró Morar Alegrete ................. 08/02/05 ....... Rua Albino Severo, 168 ............................. Pró Morar ............. Pb. Cláudio Freitas
55 .... Subcong. Airton Senna/Alegrete ................................... Rua Luiza Rodrigues Gutierrez, 136 ............. Airton Senna ......... Pb. Cláudio Santos
........ ALVORADA – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ...............................................................................
56 .... Cong. Alvorada ..................................... 08/05/04 ....... Rua Monteiro Lobato, 45 ............................. Centro .................. Pr. Josué Hoffmann Rocha
57 .... Subcong. Intersul ... Alvorada ................ 30/09/04 ....... Rua Padre Nóbrega, 389 ............................ Intersul ................. Pb. Paulo Sérgio
58 .... Subcong. Maria Regina/Alvorada ............ 01/12/05 ....... Rua Cristóvão Colombo, 525 ...................... Maria Regina ........ Pb. Lourival Souza
59 .... Subcong. Nova Intersul/Alvorada ............ 24/09/04 ....... Rua Manoel Bernardes, 582 ........................ Nova Intersul ......... Pb. Paulo Ricardo da Silva
60 .... Subcong. Salomé .. Alvorada ..................................... Rua Tabajara, 309 ..................................... Salomé ................ Pb. Aguinaldo Lopes
61 .... Subcong. São PedroAlvorada ................ 26/08/05 ....... Rua Nossa Srª das Graças, 32 ................... São Pedro ............ Ev. Aristeu Vargas
62 .... Subcong. Stella Maris/Alvorada .............. 01/07/04 ....... Rua Allan Kardec, 278 ............................... Stella Maris .......... Pb. Cláudio Gonzales
63 .... Subcong. Umbu ..... Alvorada ................ 11/06/04 ....... Rua das Torres, 125 .................................. Jardim Umbu ........ Ev. Aristeu Vargas
64 .... Subcong. Vila Elza Alvorada ................ 10/06/05 ....... Rua Pedro Machado de Oliveira, 1.230 ........ Vila Elza .............. Dc. Josué Moura
........ AMETISTA DO SUL – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ...................................................
65 .... Subcong. Ametista do Sul ...................... Panambi ....................................................................................................
........ ARVOREZINHA – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. ...............
66 .... Cong. Arvorezinha ..................................................... Severiano Lima, 175 - r ............................... Nossa Senhora das GraçasEv. Leandro Coimbra
67 .... Subcong. Pitangueira/Pitangueira ................................ Pitangueira, 157 - r ..................................... Escorsata ............ Ev. Leandro Coimbra
........ BAGÉ – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ......................................................
68 .... Cong. Bagé .......................................... 05/07/04 ....... Rua Monsenhor Costabile Hipólito, 286 ........ Centro .................. Pr. Richard Albino
69 .... Subcong. Ivo Ferronato/Bagé ................. 09/07/04 ....... Rua Francisco Masson, 2.840 .................... Ivo Ferronato ......... Pb. Teodoro de Ornelas
70 .... Subcong. Malafáia . Bagé ..................... 12/07/04 ....... Rua Domingo de Sousa Nocci, 660 ............. Malafáia ............... Pb. Teodoro de Ornelas
71 .... Subcong. Pedro Amaral/Bagé ..................................... Rua Pedro Amaral, 505 .............................. São João ............. Pb. Jaques Pereira Viraque
72 .... Subcong. Stand ..... Bagé ..................... 15/11/04 ....... Rua Manoelinha Araújo, 265 ....................... Estande ............... Pb. Josseli Saraiva
........ BENTO GONÇALVES – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. ..............................................
73 .... Cong. Bento Gonçalves ........................ 03/12/04 ....... Rua Mário Moura Suti, 176 .......................... Borgo ................... Pb. Vitor Luis Fernandes
........ BOM JESUS – Supervisor: Pr. Carlos Alberto dos Santos (51) 8167-9421. ..........................................
74 .... Cong. Bom Jesus ................................. 20/11/04 ....... Rua Cel. Laurindo Paim, 255 ....................... Centro .................. Ev. Juarez Cavalheiro
........ BOM PRINCÍPIO – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. ......................................................
75 .... Subcong. Bom Princípio/São Seb. do Caí 20/11/04 ....... Rua das Hortências, 99 .............................. Jardim do Vale ...... Pb. José João Chesser
........ BUTIÁ – Supervisor: Pr. Antonio Augusto dos Reis (51) 8413-4963. ..................................................
76 .... Cong. Butiá .......................................... 09/12/04 ....... Rua do Comércio, 180 ................................ Centro .................. Ev. Daniel Pinto
........ CACHOEIRINHA – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. .......................................
77 .... Cong. Cachoerinha ............................... 05/06/04 ....... Curitiba, 671 - r Pd. 59 ............................... Anair ................... Pr. Lauro Vicente de Morais
78 .... Subcong. Nova Conquista/Cachoeirinha ....................... Dois, 668 - r .............................................. Nova Conquista .... Dc. Valter
79 .... Subcong. Jardim Betânia/Cachoeirinha ... 28/01/05 ....... Atlântida, 1.017 - r ...................................... Jardim Betânia ...... Pb. Rói Santos
80 .... Subcong. Vista AlegreCachoeirinha ............................. Da Ponte, 295 - trv. ..................................... Vista Alegre .......... Ev. João dos Anjos
........ CAMPO BOM – Supervisor: Pr. Guaracy Rodrigues Fernandes (51) 9815-3651 ou (51) 3474-4443. ........
81 .... Subcong. Campo Bom/Scharlau ............. 11/04/05 ....... São Leopoldo, 1.705 - av ............................ Centro .................. Ev. Altamiro Martins da Silva
82 .... Subcong. Porto BlosScharlau ................ 13/05/05 ....... Dos Municípios, 2.980 - r ............................ Porto Blos ............ Ev. Altamiro Martins da Silva
........ CAMPO NOVO – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ..........................................................
83 .... Subcong. Campo Novo/Santo Augusto ......................... Antônio Salazar, 40 - r ................................ Progresso ............ Ev. José Valmir Ribeiro
........ CANDIOTA – Supervisor: Pr. Richard Albino (51) 9696-4378 ou (53) 3247-1774. ...................................
84 .... Subcong. Pioneiro . Bagé/ ......................................... Assentamento Pioneiro .............................. Assent. Pioneiros .. Pb. Argemiro Socowoski
85 .... Subcong. Seival .... Bagé .......................................... Centro da Vila ........................................... Vila Seival ........... Pb. Argemiro Socowoski
86 .... Subcong. 22 de Dezembro/Bagé ............. 25/08/04 ....... Assentamento 22 de dezembro ................... A.22 de dezembro . Pb. Argemiro Socowoski
........ CANOAS – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. .................................................
87 .... Cong. Canoas ...................................... 14/06/04 ....... Rua Rio Grande do Sul, 3.411 ..................... Mathias Velho ....... Pr. Alvacir A. Gonçalves
88 .... Subcong. Esperança/Canoas ................. 03/05/04 ....... Rua Setor X-6, 20, quadra 6 ......................... Guajuviras ........... Pb. Jerri Adriano
89 .... Subcong. Estância Velha/Canoas ........... 22/04/05 ....... Rua São Joaquim, 960 ............................... Estância Velha ..... Pb. Jauris É. F. Brobrzyk
90 .... Subcong. Florianópolis/Canoas .............. 10/05/04 ....... Rua Florianópolis, 121 ............................... Florianópolis ......... Pb. Isaque
91 .... Subcong. Florianópolis II/Canoas ................................ Rua Nossa Srª das Graças, s/n ................... Florianópolis ......... Pb. Adileu
92 .... Subcong. Getúlio Vargas/Canoas ............ 10/09/04 ....... Rua Santos Dias, esq Planalto ................... Mathias Velho ....... Pb. Maicom
93 .... Subcong. Granja ... Canoas ....................................... Rua da Aeronáutica, s/n ............................. Granja ................. Pb. Ênio
94 .... Subcong. Itália ...... Canoas ....................................... Rua Itália, 1.335 ........................................ Niterói .................. Pb. Carlos
95 .... Subcong. Rio Branco/Canoas ..................................... Rua São Jorge, 101 ................................... Mathias Velho ....... Pb. Jorge
96 .... Subcong. Santo Operário/Canoas ........... 06/12/04 ....... Rua São Pedro Pescador, 424 .................... Mathias Velho ....... Pb. Pedro
97 .... Subcong. São José Canoas .................. 10/02/05 ....... Rua Santiago do Boqueirão, s/n° ................. Guajuviras ........... Dc. Vilmar
98 .... Subcong. São Miguel/Canoas ..................................... Rua Marimom Galo, 77 .............................. Vila São Miguel .... Pb. Nelci
99 .... Subcong. São Nicolau/Canoas ............... 03/05/04 ....... Rua São Nicolau, 34 .................................. Estância Velha ..... Pb. Valmor
100 ... Subcong. São PauloCanoas .................. 26/09/05 ....... Rua São Paulo, 1.203 ................................ Mathias Velho ....... Ax. Edimilson
........ CAPÃO DA CANOA – Supervisor: Pr. Lauro Vicente de Moraes (51) 8413-4977. .................................
101 ... Cong. Capão da Canoa ............................................... Av. Valdomiro Cândido dos Reis, 851 ........... Santa Luzia .......... Pr. Carlito Santana de Lima
........ CAPELA DE SANTANA – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. ...........................................
102 ... Subcong. C. de Santana/São Seb. do Caí 29/05/05 ....... Rua Mena Rodrigues, 125 ........................... Vila Flores ........... Pb. Paulo Batista
........ CARLOS BARBOSA – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. ...............................................
103 ... Cong. Carlos Barbosa ............................ 09/01/05 ....... Rua São Marcos, 77 .................................. Vila Nova ............. Ev. Nilton Santos de Lemos
104 ... Subcong. Di Fiori ... Carlos Barbosa ....... 30/3/05 ......... Vila Di Fiori .............................................. Di Fiori ................. Ev. Nilton Santos de Lemos
........ CAXIAS DO SUL – Supervisor: Pr. Lauro Vicente de Moraes (51) 8413-4977. ......................................
105 ... Cong. Caxias do Sul ............................. 06/08/04 ....... Rua Moreira César, 2.242 ........................... Centro .................. Ev. João César de Matos
106 ... Subcong. Desvio Rizzo/Caxias do Sul .... 20/11/05 ....... Rua Nilceu de Melo Catarina, 2.791 ............. Desvio Rizzo ........ Ev. João César de Matos
107 ... Subcong. Santa Fé Caxias do Sul ......... 01/09/05 ....... Rua Francisco Nilo da Silva, 100 ................ Santa Fé .............. Dc. José Luiz
........ CHARQUEADAS – Supervisor: Pr. Antonio Augusto dos Reis (51) 8413-4963. ...................................
108 ... Cong. Charqueadas .............................. 27/11/04 ....... Rua Dona Clara, 61 ................................... Centro .................. Pb. Aguinaldo Lino
........ CORONEL BICACO – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ...................................................
109 ... Subcong. Coronel Bicaco/Santo Augusto . 23/04/05 ....... Rua Serafim Paranhas, 293 ........................ Centro .................. Dc. Lori Ribeiro da Rosa
........ DR. MAURICIO CARDOSO – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ..........................................
110 ... Subcong. Dr. Maurício Cardoso/Scharlau . 10/06/04 ....... Av. Bento Gonçalves, 1.257 ....................... Centro .................. Ev. Alcides Quadros
111 .... Subcong. Vila Pranchada/Scharlau .............................. Vila Colônia (interior) .................................. Vila Colônia (interior) Ev. Alcides Quadros
........ ELDORADO DO SUL – Supervisor: Ev. João Silveira Ramos (51) 9979-6469 ou (51) 3403-2210. ...........
112 ... Cong. Eldorado do Sul ........................... 19/03/05 ....... Av. Emancipação, 749 ............................... Centro .................. Pb.Sérgio Barbosa
113 ... Subcong. Medianeira/Guaíba ...................................... Av. Nestor Jardim Filho, 623 ....................... Medianeira ........... Pb. Guilherme Reis
114 ... Subcong. Progresso Guaíba ....................................... Rua 3, 119 ................................................ Progresso ............ Pb. Sérgio Barbosa
........ ENTRE IJUÍS – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ..............................................................
115 ... Subcong. Entre Ijuís Santo Ângelo ............................... Rua Bráulio Mário Ribas, 1.476 ................... Centro .................. Ev. Luíz Carlos Burgdurff
........ ESTEIO – Supervisor: Pr. Guaracy Rodrigues Fernandes (51) 9815-3651 ou (51) 3474-4443. ................
116 ... Subcong. Esteio .... Sapucaia do Sul ..... 15/10/04 ....... Rua Lupicínio Rodrigues, s/n ...................... Santo Inácio ......... Pb. Gilson
117 ... Subcong. Parlamento/Sapucaia do Sul .... 25/9/04 ......... Rua Parlamento, 95 ................................... São José ............. Pb. Gilson
........ FELIZ – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. ..
118 ... Subcong. Feliz ...... S. Seb. do Caí ......... 09/04/05 ....... Rua Julio de Castilhos, 250 ..................................................... Pr. Carlito Ribeiro
........ FONTOURA XAVIER – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. .......
119 ... Cong. Fontoura Xavier ........................... 12/7/04 ......... Quadra 7, 93 ............................................. Vila Candinho ....... Ev. Pedro Espíndola
........ GARIBALDI – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. .............................................................
120 ... Cong. Garibaldi .................................... 04/12/04 ....... Rua Buarque de Macedo, 2.925 ................... Centro .................. Ev. Nilton Santos de Lemos
121 ... Subcong. Vale Verde/Garibaldi ............... 07/01/05 ....... Rua Irmã Lina, 8 ........................................ Vale Verde ............ Pb. Luís Fernando
122 ... Subcong. Fenachamp/Garibaldi ............. 21/06/05 ....... Rua Campo Espremental, 237 .................... Fenachamp .......... Ev. Nilton Santos de Lemos
........ GIRUÁ – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ......
123 ... Subcong. Giruá ..... Santa Rosa ................................. Rua Presidente Vargas, 729 ........................ Centro .................. Pb. José Vicente
........ GLORINHA – Supervisor: Pr. Lauro Vicente de Moraes (51) 8413-4977. ..............................................
124 ... Cong. Glorinha ..................................... 17/06/04 ....... Rua Osvaldo Rosa, 200 ............................. Centro .................. Pr. Paulo Moacir Isabel Soares
125 ... Subcong. Roça Grande/Glorinha ................................. Rua Roça Grande, 4.243 ............................ Roça Grande ........ Pr. Paulo Moacir Isabel Soares
........ GRAVATAÍ – Supervisor: Pr. Lauro Vicente de Moraes (51) 8413-4977. ................................................
126 ... Cong. Gravataí .......................................................... Rua Dorival Cândido Luz de Oliveira, 2.921 .. São Geraldo ......... Pr. Alfredo Fortuna
127 ... Subcong. Águas Claras/Gravataí ................................. Rua Monteiro Lobato, 678 ........................... Águas Claras ........ Pb. Odair José da S. Ramos
128 ... Subcong. Caviúna . Gravataí ................. 06/06/04 ....... Rua Caviúna, 87 ....................................... São Jerônimo ....... Ev. Gregório
129 ... Subcong. Itacolomi Gravataí ...................................... Rua Dias Gomes, 384 ............................... Itacolomi .............. Pb. Roberto
130 ... Subcong. Marechal Rondon/Gravataí ....... 19/07/04 ....... Rua Carlos Antônio Jobim, 565 ................... Marechal Rondon .. Pr. Alfredo Fortuna
131 ... Subcong. Morungava/Gravataí ............... 29/08/04 ....... Rua José Valentim Mendes, 145 ................. Parada 93ª ........... Dc. Andrei Silva da Rosa
132 ... Subcong. Parada 90 Gravataí ...................................... Rua Querência, 646 ................................... Parada 90 ............ Pb. Carlos London
133 ... Subcong. Parada 98 Gravataí ................. 07/10/04 ....... Rua Rio Guaíba, 140 ................................. Parque Itatiaia ....... Pb. Juarez da Silva
134 ... Subcong. Passo do Hilário/Gravataí ............................. Rua Sergipe, 207 (Pd. 73) ........................... Faixa de Taquara .. Pb. Máximo Aguiar
........ GUAÍBA – Supervisor: Ev. João Silveira Ramos (51) 9979-6469 ou (51) 3403-2210. ..............................
135 ... Cong. Guaíba ........................................................... Av. Seferino da Boa Vista, 160 .................... Bom Fim .............. Pb. Mauro E.Oliveira Padilha
136 ... Subcong. Pedras Brancas/Guaíba ............................... Rua 12, 421 .............................................. Pedras Brancas .... Dc. Feliciano Pedroso
137 ... Subcong. Santa RitaGuaíba .................. 16/08/04 ....... Rua Lupicínio Rodrigues, 1.432 ................... Santa Rita ............ Pb. João Renato de Moura
138 ... Subcong. São Francisco/Guaíba ................................. Rua Encruzilhada do Sul, 260 ..................... São Francisco ...... Pb. Otacílio
........ HULHA NEGRA – Supervisor: Pr. Richard Albino (51) 9696-4378 ou (53) 3247-1774. ............................
139 ... Subcong. Hulha Negra/Bagé .................. 24/09/04 ....... Rua Álvaro Lopes Brasil, 719 ...................... Centro .................. Ev. Pedro Jalmo
140 ... Subcong. Floresta . Bagé ..................... 01/11/05 ....... Centro da Vila ........................................... Floresta ............... Pb. Vlademir Scoto
141 ... Subcong. Conquista da Fronteira/Bagé ......................... Assentamento Conquista da Fronteira .......... A.Conquista da Fronteira Pb. Vilmar Correa
........ INDEPENDÊNCIA – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. .......................................................
142 ... Subcong. Independência/Santa Rosa ...... 18/06/04 ....... Rua Três de Maio, 430 ............................... Independência ...... Ev. Jeremias Franco dos Reis
........ ITAQUI – Supervisor: Pr. Jorge Souza (55) 9152-9885 ou (55) 3423-3773. ...........................................
143 ... Cong. José da Luz ................................ 12/08/04 ....... Rua Pascoal Minoggi, 3.347 ....................... José da Luz .......... Miss. Vilson Machado Soares
144 ... Subcong. Centro .... Itaqui .......................................... Rua Davi Canabarro, s/n ............................. Centro .................. Ev. Fábio Jardim
145 ... Subcong. Chácara . Itaqui .......................................... Em frente ao Condomínio ........................... Chácara ............... Pb. Peres
146 ... Subcong. Pró-Morar Itaqui .......................................... Quadra 24, 1 ............................................. Pró-Morar ............. Pb. Evangelista Camargo
147 ... Subcong. Vila Nova Itaqui .......................................... Quadra Q, 14 ............................................ Vila Nova ............. Pb. Anísio Chuquel
........ MARAU – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. ...........................
148 ... Cong. Marau ........................................ 20/11/04 ....... Rua Beija-Flor, 28 ..................................... Santa Lúcia .......... Ev. Paulo Ricardo Ferreira
........ MONTENEGRO – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. .......................................................
149 ... Subcong. Montenegro/São Sebastião do Caí ................. Rua Bruno de Andrades, 669 ...................... Timbaúva ............ Dc. Natalino
........ NOVA SANTA RITA – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ..................................
150 ... Subcong. Berto Círio Canoas .................. 15/07/04 ....... Av. Getúlio Vargas, 1.993 ........................... Berto Ciro ............. Ev. Daniel Morais
151 ... Subcong. Califórnia Canoas .................. 09/08/04 ....... Rua Timbaúva, 1.001 ................................ Califórnia .............. Ax. Gentil
152 ... Subcong. Morretes . Canoas .................. 02/09/04 ....... Rua da Prainha, s/n ................................... Morretes ............... Pb. Max
153 ... Subcong. Sanga Funda/Canoas .................................. Rua Sanga Funda, s/n ............................... Sanga Funda ........ Pr. Alvacir A. Gonçalves
........ NOVO HAMBURGO – Supervisor: Pr. Guaracy Rodrigues Fernandes (51) 9815-3651 ou (51) 3474-4443.
154 ... Cong. Novo Hamburgo .......................... 20/8/04 ......... Rua Ângelo Prevenzano, 608 ..................... Canudos .............. Pr. Odil Aquino Alves
155 ... Subcong. Boa Saúde/Novo Hamburgo ..... 22/10/04 ....... Rua Presidente Lucena, 2.260 .................... Boa Saúde ........... Ev. Aristides Luz
156 ... Subcong. Canudos Novo Hamburgo ...... 06/12/04 ....... Quadra D, 419 ........................................... Visital - Canudos ... Pb. Sérgio Mater
157 ... Subcong. Curitibanos/Scharlau ............... 24/07/04 ....... Rua Curitibanos, 1.895 ............................... Canudos .............. Ev. Manoel
158 ... Cong. Rondônia .................................... 20/8/04 ......... Rua Guilherme Grôverman, 432 .................. Rondônia ............. Pr. José Medeiros
159 ... Subcong. Kefas ..... Rondônia ............... 9/12/04 ......... Rua Terceira Idade, 229 .............................. Kefas ................... Pr. José Medeiros
160 ... Subcong. Santo Afonso/Scharlau ............ 08/01/05 ....... Rua da Divisa, 357 .................................... Santo Afonso ........ Pr. Walter de Moraes
161 ... Subcong. Afonso ... São Leopoldo .............................. Rua Bom Pastor, 101 esq Costa Rica ........... Santo Afonso ........
162 ... Subcong. Lomba Grande/São Leopoldo ........................ Rua João Aloísio Algayer, 654 .................... Lomba Grande ...... Ev. Mauri de Lima
........ PALMARES DO SUL – Supervisor: Pr. Adão Santana (51) 9837-4215 ou (51) 3493-6817. .....................
163 ... Cong. Palmares do Sul ............................................... Rua Augusto Braz, 1498 ............................ Vila do Hospital .... Pb. Leandro dos Santos Brum
164 ... Subcong. Granja Vargas/Palmares do Sul 30/12/04 ....... Av. Principal, s/nº ...................................... Granja Vargas ....... Pb. Mateus Oliveira Pereira
........ PANAMBI – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ..
165 ... Cong. Panambi ..................................... 23/03/05 ....... Rua Andrade Neves, 50 ............................. Centro .................. Pr. Getúlio Silva Nascimento
166 ... Subcong. Alves Kresner/Panambi ................................ Rua Deiestman, 200 .................................. Alves Kresner II .... Ev. Mário Guerreiro
167 ... Subcong. Alvorada Panambi ..................................... Rua Uruguai, 153 ...................................... Alvorada .............. Ev. Jessé
168 ... Subcong. Arco-Íris . Panambi ..................................... Rua Ari Hugo Frank, 364 ............................ Arco-Íris ............... Ev. Ari
169 ... Subcong. Esperança ............................. Panambi ....................................................................... Rua Adolfo Keter, s/n Esperança Ev. Ari
........ PAROBÉ – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. .................................................
170 ... Cong. Parobé ....................................... 03/06/04 ....... Rua Adaviano Linder, 544 ........................... Centro .................. Pr. Carlos Alberto S. Oliveira
171 ... Subcong. Alvorada Parobé ........................................ Rua Armando Faistauer, 643 ...................... Alvorada .............. Pr. Carlos Alberto S. Oliveira
172 ... Subcong. Arroio do Sal/Parobé .................................... Rua Azeredo Ferreira de Souza, 330 ............ Arroio do Sal ......... Pb. Vilmar Gomes
173 ... Subcong. Faz.Martins/Parobé ................ 15/07/04 ....... Belmiro Mendes, 27 - Lot. Cardoso ............... Fazenda Martins ... Pb. Vilmar Gomes
174 ... Subcong. Santa Cristina/Parobé ................................... Rua Gaspar Silveira Martins, 50 .................. Santa Cristina do Pinhal Dc. Luciano
175 ... Subcong. Santa Cristina II/Parobé ........... 01/11/04 ....... Estr. Adão Corrêa, 2.600 ............................. Santa Cristina do Pinhal Ev. Izalino Filimbertt
........ PELOTAS – Supervisor: Pr. Richard Albino (51) 9696-4378 ou (53) 3247-1774. ...................................
176 ... Cong. Getúlio Vargas/Bagé ......................................... Av. II, 242 ................................................. Getúlio Vargas ...... Ev. Edson Franck
........ PORTÃO – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994.
177 ... Subcong. Portão .... São Sebastião do Caí ................... Rua Mato Grosso, 131 ............................... Vila Prata ............. Pr. Valdimir de Almeida
........ QUARAÍ – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ..................................................
178 ... Cong. Quaraí ........................................ 01/04/04 ....... Rua Cel. Miguel Corrêa, 534 ........................ Centro .................. Pr. Izalino Filenbertt
179 ... Subcong. Jokey .... Quaraí ......................................... Rua Hermes Brum Saldanha, 351 ................ Jokey .................. Pr. Izalino Filenbertt
180 ... Subcong. Lauro Macedo/Quaraí .............. 04/04/05 ....... Rua Dois, 135 ........................................... Centro .................. Pb. Gérson Moreira180
181 ... Subcong. Saladeiro/Quaraí .......................................... Rua São Carlos, 53 ................................... Saladeiro ............. Pb. Gérson Moreira
........ QUINTÃO – Supervisor: Pr. Adão Santana (51) 9837-4215 ou (51) 3493-6817. .....................................
182 ... Subcong. Praia do Frade/Quintão ............ 05/06/04 ....... Rua Raposa Tavares, 869 ........................... Praia do Frade ...... Ev. Valério Von Mulhin
........ RIO PARDO – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. .....................
183 ... Cong. Rio Pardo ........................................................ Trv. Faxinal, 170 ....................................... Jardim Boa Vista ... Ev. Dílson Santos
184 ... Subcong. Bexiga .. Rio Pardo .................................... Bairro Bexiga ........................................... Bexiga ................ Ev. Dílson Santos
185 ... Subcong. Ramis Gavião/Rio Pardo .............................. Rua Antônio M. Amaral, 590 ....................... Ramis Gavião ...... Pb. Otto Luíz
........ RIOZINHO – Supervisor: Pr. Carlos Alberto dos Santos (51) 8167-9421. .............................................
186 ... Subcong. Riozinho Parobé ................... 30/04/05 ....... Rua Linha Palmito, 255 .............................. Riozinho .............. Ev. Dozelmo Hotlutz
........ RODEIO BONITO – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. .......................................................
187 ... Subcong. Rodeio Bonito/Panambi ................................ Rodeio Bonito ........................................... Rodeio Bonito ....... Pb. Osvaldo
........ SANTA CRUZ DO SUL – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. .....
188 ... Subcong. Sta Cruz do Sul/Rio Pardo ....... 30/04/05 ....... Rua da Pedreira, 2.270 ............................... Santuário ............. Ev. Dílson Santos
........ SANTA ROSA – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ............................................................
189 ... Cong. Santa Rosa ..................................................... Rua São Francisco, 251 ............................ Centro .................. Ev. Rubem Gutierrez
190 ... Subcong. Auxiliadora/Santa Rosa .......... 07/02/05 ....... Rua Santa Teresinha, 249 ........................... Auxiliadora ........... Ev. Elias
191 ... Subcong. Central ... Santa Rosa ............ 07/03/05 ....... Rua dos Farrapos, 982 ............................... Vila Beatriz ........... Dc. Waldir Sudescher
........ SANTO ÂNGELO – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. .......................................................
192 ... Cong. Santo Ângelo ................................................... Rua Marechal Floriano, 3.216 ..................... Centro Norte .......... Pr. Moisés Maciel
193 ... Subcong. Aliança .. Santo Ângelo ............................... Rua Estilac Leal, 1.044 .............................. Aliança ................ Pb. Sérgio Burgdurff
194 ... Subcong. Boa Esperança/Santo Ângelo ....................... Rua Progresso, 85 ..................................... Boa Esperança ..... Pb. Dinoral Ávila
195 ... Subcong. Caraguataí/Santo Ângelo .............................. Esq. Caraguataí ........................................ Interior .................. Pb. Carlos Weber
196 ... Subcong. João Goulart/Santo Ângelo ...... 15/07/04 ....... Rua João de Castilhos, 49 .......................... João Goulart ......... Pb. Alessandro Lima
197 ... Subcong. Rugowski Santo Ângelo ............................... Trv. Sarandi, 98 ......................................... Rugowski ............ Pb. César Tobias
........ SANTO ANTONIO DA PATRULHA – Supervisor: Pr. Lauro Vicente de Moraes (51) 8413-4977. .............
198 ... Cong. Santo Antônio da Patrulha .................................. Rua Espírito Santo, 328 .............................. Bom Princípio ....... Pr. Paulo Moacir Isabel Soares
199 ... Subcong. Cohab .... Santo Antônio da Patrulha ............. Rua São Sebastião, 24 .............................. Cohab .................. Pr. Paulo Moacir Isabel Soares
200 ... Subcong. Serra de Baixo/Santo Antônio da Patrulha ...... Serra de Baixo .......................................... Interior .................. Pb. Noé Fróis Coelho
........ SANTO AUGUSTO – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. .....................................................
201 ... Cong. Santo Augusto ............................ 01/04/05 ....... Av. Central, 1.033 ...................................... Santo Antônio ....... Ev. José Valmir Ribeiro
202 ... Subcong. Lionísio Bonzato/Santo Augusto 05/11/05 ....... Salão Comunitário ..................................... Lionísio Bonzato ... Pb. Paulo Oliveira
........ SÃO BORJA – Supervisor: Pr. Jorge Souza (55) 9152-9885 ou (55) 3423-3773. ...................................
203 ... Cong. São Borja ........................................................ Rua Venâncio Aires, 1.080 ......................... Itacerê .................. Pr. Jorge Souza
204 ... Subcong. do Passo São Borja ............... 05/11/04 ....... Rua Henrique Dias, 594 ............................. Do Passo ............. Dc. João Luís
205 ... Subcong. Vila UmbuSão Borja ............... 5/10/04 ......... Rua Bonifácio de Sá, 114 ........................... Itachere ................ Pb. Marzone Miranda
........ SÃO GABRIEL – Supervisor: Pr. Antonio Augusto dos Reis (51) 8413-4963. .......................................
206 ... Subcong. Alto das Canas/São Gabriel .......................... Alto das Canas, Br 290, Km 6 ..................... Alto das Canas ..... Pr. Aldo de Almeida
207 ... Subcong. João –de-barro/São Gabriel ........................... Rua Clara Nunes, 159 ................................ Gabrielense .......... Pb. Cleonir Marinho
208 ... Subcong. Santa Clara/São Gabriel ............................... Rua Homero Bittencourt, 46 ........................ Santa Clara ........... Pb. Gustavo Macedo
........ SÃO LEOPOLDO – Supervisor: Pr. Guaracy Rodrigues Fernandes (51) 9815-3651 ou (51) 3474-4443. ..
209 ... Cong. São Leopoldo ................................................... Rua Jacy Porto, 396 .................................. São Miguel ........... Ev. Robson Soares
210 ... Subcong. Cohab Duque/São Leopoldo ..... 11/02/05 ....... Av. das Américas, 23 ................................. Cohab Duque ........ Pb. Cláudio
211 ... Subcong. Feitoria .. São Leopoldo ......... 12/08/04 ....... Rua Cingapura, 13 (Pd. 22) ......................... Cohab - Feitoria .... Ev. Mauri de Lima
212 ... Subcong. ImigrantesSão Leopoldo .............................. Esq. 7 ..................................................... Imigrantes ............ Ev. Mauri de Lima
213 ... Subcong. Lago São Borja/São Leopoldo .. 07/12/04 ....... Rua Eduardo Tim, 2.775 ............................ São Borja ............. Pb. Adeildo
214 ... Subcong. Morro do Paula/São Leopoldo .. 10/06/04 ....... Rua Ponche Verde, 48 ............................... Morro do Paula ...... Pb. Adeildo
215 ... Subcong. Santo Afonso/São Leopoldo ..... 12/02/05 ....... Rua Bom Pastor, 101 ................................. Santo Afonso ........ Pb. João César
216 ... Subcong. Santo André/São Leopoldo ....... 30/08/04 ....... Rua Elza Born, 560 ................................... Santo André .......... Pb.Leandro Costa
217 ... Subcong. Scharlau São Leopoldo ......... 10/06/04 ....... Rua Harmonia, 33 ..................................... Scharlau .............. Pb. Neri
218 ... Subcong. Campestre/São Seb. Do Caí .......................... Rua Ignácio de Moares, 96 ......................... Campestre ........... Ev. Adriano
........ SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ – Supervisor: Pr. Guaracy Rodrigues Fernandes (51) 9815-3651 ou (51) 3474-4443. ...................
219 ... Cong. São Seb. do Caí .......................... 14/08/04 ....... Rua São João, 709 .................................... Navegantes .......... Pr. Carlito Ribeiro
220 ... Sub Cong. São Martin/São Seb. do Caí ......................... RS 122, Km 05, 2.460 ................................ São Martin ........... Pr. Valdimir de Almeida
........ SAPUCAIA DO SUL – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. .................................
221 ... Cong. Sapucaia do Sul .......................... 14/07/04 ....... Rua Tenente Timbaúva, 651 ....................... Capão da Cruz ...... Pr. Guaraci Fernandes
222 ... Subcong. Coahb Blocos ............................................. Lot. José Joaquim, 115 .............................. Coahb Blocos ....... Pb. Éverton
223 ... Subcong. Pasqualine/Sap. do Sul ........... 4/11/04 ......... Rua Minuano, 150 ..................................... Pasqualine ........... Pb. Márcio Elias
224 ... Subcong. São Cristovão/Sap. do Sul ....... 19/8/04 ......... Rua Ivoti, 368 ........................................... São Cristovão ....... Pb. Leonir
225 ... Subcong. Vila Colina/Sap. do Sul ........... 14/8/04 ......... Rua Dorcelino Falador, 146 ........................ Vila Colina ........... Pb. Dorvandil Forquin
226 ... Subcong. Jardim América/Sap. do Sul .......................... Rua Nestor de Moraes, 22 ........................... Jardim América ..... Pb. Márcio Elias
227 ... Subcong. Vargas ... Sap. do Sul ................................. Rua Igrejinha, 492 ..................................... Vargas ................. Pb. Leonor
228 ... Subcong. Fortuna .. Sap. do Sul ................................. Rua Catuípe, 1.1152 .................................. Fortuna ................ Pb. Éverton
229 ... Subcong. Ipiranga .. Sap. do Sul ................................. Rua John Kenedy, 76 ................................. Ipiranga ................ Pr. Guaraci Fernandes
........ SEGREDO – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. ......................
230 ... Cong. Bela Vista ....................................................... Rua Principal, s/n ...................................... Distrito de Bela Vista Miss. Vilson Santos
231 ... Subcong. Serro Queimado/Bela Vista ........................... Família Caraçás ....................................... Vila Serro QueimadoMiss. Vilson Santos
232 ... Subcong. Três Vendas/Bela Vista/Vila Três Vendas ...... Vila Três Vendas ...................................... Dc. Valdomiro Moraes SOLEDADE –
........ SOLEDADE-Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. ......................
233 ... Cong. Soledade .................................... 13/8/04 ......... Rua Nei Vilasboa, 447 ............................................................ Ev. Santo I. Bonapasso
........ TAPES – Supervisor: Ev. João Silveira Ramos (51) 9979-6469 ou (51) 3403-2210. ................................
234 ... Subcong. Tapes .... Guaíba .................. 1/5/05 .......... Rua Herminio J. Soares, 513 ....................... Centro .................. Pr. Luiz Moura
........ TAQUARA – Supervisor: Pr. Carlos Alberto dos Santos (51) 8167-9421. .............................................
235 ... Subcong. Taquara . Parobé ........................................ Rua Oswaldo de Souza, 659 ...................... Empresa .............. Ev. Cláudio H. A. Grabowsky
236 ... Subcong. RS 239 .. Parobé ........................................ Rua Santo Antônio da Patrulha, 1.014 .......... Lot. Jaeger ........... Pb. Pedro
237 ... Subcong. Tito ....... Parobé ........................................ Rua Principal, 100 ..................................... Tito ..................... Pb. Dorivaldo
........ TAQUARI – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. ........................
238 ... Cong. Taquari ....................................... 12/07/04 ....... Rua Profª Olinda Pacheco, 267 ................... Centro .................. Ev. Daniel Muniz Borges
239 ... Subcong. V. S. FranciscTaquari .................................................................................................... São Francisco ...... Pb. Adildo Borges
........ TORRES – Supervisor: Pr. Lauro Vicente de Moraes (51) 8413-4977. .................................................
240 ... Cong. Torres ........................................ 23/12/04 ....... Rua José Osório Cabral, 305 ...................... Getúlio Vargas ...... Pb. Luciano Jacob
........ TRÊS DE MAIO – Supervisor: Pr. Ildo Manica (51) 8413-4956. ..........................................................
241 ... Subcong. Três de Maio/Santa Rosa ............................. Rua Mato Grosso, 438 ............................... Centro .................. Pb. Jeremias Franco dos Reis
242 ... Subcong. Jardim das Acácias/Santa Rosa 28/05/05 ....... Rua Amélio Fagundes, s/n ......................... Jardim das Acácias Pb. Jeremias Franco dos Reis
........ TRIUNFO – Supervisor: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976 ou (51) 3032-3537. ........................
243 ... Subcong. Triunfo ... Taquari ................... 20/11/04 ....... Rua Treze de Maio, 2083 ........................... Progresso ............ Pr. Daniel Muniz Borges
........ VALE REAL – Supervisor: Pr. Carlito Ribeiro (51) 9159-6994. ............................................................
244 ... Subcong. Vale Real S. Seb. do Caí ......... 25/07/04 ....... Rua Aliança, 50 ........................................ Centro .................. Ev. Reinaldo
........ VIAMÃO – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ..................................................
245 ... Cong. Santa Isabel .................................................... Rua Lisboa, 520 ........................................ Santa Isabel ......... Pr. José Lauderi de Oliveira
246 ... Subcong. Estalagem/Santa Isabel ............................... Rua Ildo Meneguete , 300 ........................... Estalagem ........... Dc. Cláudio Vicente Gozozjuk
247 ... Subcong. Augusta Meneghini/Santa Isabel24/11/04 ....... Rua Amabilio Souza Feijó, 388 ................... Augusta Meneghini Pr. Adão Santana
248 ... Subcong. Aparecida I/Santa Isabel .......... 18/10/04 ....... Rua Chile, 146 .......................................... Aparecida ............ Pb. Renato Martins
249 ... Subcong. Martinica Santa Isabel ........... 09/12/04 ....... Rua Monteiro Lobato, 175 ........................... Martinica .............. Pb. Roberto Ribas Gonçalves
250 ... Subcong. São Cristóvão/Santa Isabel ........................... Rua Santo Alfredo, 18 ................................ São Cristóvão ....... Ax. Antônio Osmar Pereira
251 ... Subcong. São Tomé Santa Isabel ................................ Rua Camburiu, 166 .................................... São Tomé ............ Ev. Francisco Costa
252 ... Subcong. Universal Santa Isabel ........... 02/09/04 ....... Rua 18, s/n – campo 7 ............................... Vila Universal ....... Ax. Moisés M. Gonçalves
253 ... Subcong. Vila Paraíso/Santa Isabel ............................. Rua Terezinha Rocha, 250 .......................... Vila Paraíso .......... Pb. João de Camargo
254 ... Subcong. Vila Ar Bom/Santa Isabel .............................. Rua Vereador Francisco Lopes, 422 ............ Parque Ar Bom ...... Pb. Rogério de Assis Ciotta
255 ... Subcong. Vila Gaúcha/Santa Isabel ............................. Rua Visconde do Herval, s/n ....................... Vila Gaúcha ......... Dc. Carlos Aníbal dos Santos
256 ... Subcong. Aparecida II/Santa Isabel .............................. Rua Universitário, 254 ................................ Aparecida ............ Ax. Gilson Jessman
257 ... Subcong. São Lucas/Santa Isabel .......... 29/08/04 ....... Rua Joaquim Gomes Ledo, 1.238 ............... São Lucas ........... Ax. Adenir Tiago da Silva
........ XANGRI-LÁ – Supervisor: Pr. Lauro Vicente de Moraes (51) 8413-4977. ..............................................
258 ... Cong. Xangri-Lá .................................... 06/06/05 ....... Rua João Prudêncio, 228 ........................... Sambaki .............. Pb. Carlos Jacob
RESTAURAÇÃO NO ESTADO DE SANTA CATARINA (SC).
........ FLORIANÓPOLIS – Supervisor: Ev. Ivalino Poletti (48) 9971-0500. ...................................................
259 ... Cong. Florianópolis .............................. 15/06/05 ....... Rua Nossa Srª de Lurdes, 357 .................... Agronômica .......... Pb. Florenal
260 ... Subcong. Costeira . Florianópolis ........... 09/07/05 ....... Rua Jorge Lacerda, 2.666 ........................... Costeira do Pirajubaé Pb. Paulo
........ JOINVILLE – Supervisor: Ev. Ivalino Poletti (48) 9971-0500. .............................................................
261 ... Cong. Joinville ..................................... 23/01/05 ....... Rua Américo Vespúcio, 331 ....................... Nova Brasília ........ Ev. Ivalino Polleti
........ PALHOÇA – Supervisor: Ev. Ivalino Poletti (48) 9971-0500. ...............................................................
262 ... Cong. Palhoça ..................................... 22/01/05 ....... Rua Graciliano Carlos 4, 30 ........................ Centro .................. Ev. Remi Loch
263 ... Subcong. Bela VistaPalhoça ................. 22/01/05 ....... Rua José Cosme Plamplona, s/nº ............... Bela Vista ............ Pb. Isair Saulo Poletti
264 ... Subcong. Pacheco Palhoça ................. 25/06/05 ....... Rua Alvorada, 862 ..................................... Pacheco .............. Pb. Émerson Fonseca
265 ... Subcong. Rio Grande/Palhoça .................................... Rua Braulina Goulart, 23 ............................ Rio Grande ........... Pb. Salazar
266 ... Subcong. São Joaquim/Palhoça ............. 30/12/04 ....... Rua Getúlio Vargas, 180 ............................. São João Batista ... Ev. Pedro Suero
267 ... Subcong. Vila Nova Palhoça ...................................... Rua Canoinhas, s/n° ................................. Vila Nova ............. Pb. Émerson Fonseca
........ SÃO JOÃO BATISTA – Supervisor: Ev. Ivalino Poletti (48) 9971-0500. ...............................................
268 ... Subcong. São João Batista/Palhoça ............................ Rua Getúlio Vargas, 180 ............................. Centro .................. Ev. Pedro de Moura Soero
RESTAURAÇÃO NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO - ES
........ LINHARES – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ...............................................
269 ... Cong. Linhares ..................................... 03/04/05 ....... Rua Bartolomeu Bueno Silva, 341 ............... Interlagos I ........... Pr. Walmir de Sena
270 ... Subcong. Interlagos II/Linhares ............... 03/04/05 ....... Rua Dom Pedro II, 840 ............................... Interlagos II ........... Dc. Jade Eller
271 ... Subcong. Linhares V/Linhares ................ 03/04/05 ....... Rua D-4, 32 .............................................. Linhares V ............ Pb. Jovenal Scalfone
RESTAURAÇÃO NO ESTADO DO PARANÁ - PR
........ BARRACÃO – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ............................................
272 ... Cong. Barracão .......................................................... Rua Brasília, 10 ........................................ Jardim Vale do Capanema Pr. José V. Malet
DIONÍSIO CERQUEIRA – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ......................................
273 ... Cong. Dionísio Cerqueira ............................................ Rua Washington Luíz, 983 .......................... Primeiro de Maio ... Pr. José Venâncio Malet
TOLEDO – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ..........................................................
274 ... Cong. Toledo ....................................... 24/4/05 ......... Rua Primeiro de Maio, 1181 ........................ Pioneiro ............... Pr. Leandro Marcel de Brito
275 ... Subcong. Panorama Toledo ................... 30/5/05 ......... Rua Carlos Sbaraimi, 2343 ......................... Panorama ............ Ev. Carlos Roberto Prawucki
276 ... Subcong. Europa ... Toledo ......................................................................................................... Europa ................. Pr. Leandro Marcel de Brito
SANTO ANTÔNIO DO SUDOESTE – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. .....................
277 ... Cong. Aurora ........................................ 01/04/05 ....... Rua Tancredo Neves, 40 ............................ Vila Aurora ........... Pr. José Venâncio Malet
RESTAURAÇÃO NO ESTADO DE MINAS GERAIS - MG
FRUTAL – Supervisor: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51) 3241-6226. ............................................................
278 ... Subcong. Frutal ..... Toledo/PR .............. 13/5/05 ....................................................................................................... Pr. Leandro Marcel de Brito
IV 12 13
09
TESTEMUNHOS
Deus permitiu que um
pneu furasse para
salvar uma vida.
O Ev. Alcides
de Quadros
recebeu o
pedido de reconciliação
de uma
irmã na Vila
Pranchada, no
município de
Maurício Cardoso,
que prontamente
se dispôs a atender. No momento em que entrou
na vila, Deus começou a trabalhar, e permitiu que
um pneu do veículo furasse.
O irmão avistou uma borracharia, dirigiu-se até
o local e solicitou o reparo do pneu. Ele começou a
conversar com as pessoas que se encontravam no estabelecimento
e a testemunhar do amor de Cristo. Logo
ele foi surpreendido com um pedido de oração para
um vizinho do borracheiro que estava com câncer. O
Ev. Alcides solicitou que dois diáconos comparecessem
até a residência do enfermo para realizar a
oração.
Os diáconos estiveram na residência do Sr.
Adriano Morbach para orar. Surpresos pela gravidade
da situação, retornaram e pediram ao Ev. Alcides que
os acompanhasse para que a oração fosse realizada.
Chegando à casa do Sr. Adriano, o irmão também se
espantou ao ver que o enfermo tinha o lado direito de
sua face inchado, de forma assustadora, pois tratavase
de um Carcinoma de Palato.
O Sr. Adriano esteve sofrendo com esta enfermidade
desde março de 2003, quando, através de uma
biópsia, foi constatada a doença. Em 15 de setembro
de 2004 foi realizada radioterapia, e, por erro médico,
sofreu um retalho navicular. O local da cirurgia fora
preenchido com gazes, pois os médicos não acreditavam
na recuperação de sua saúde. Ele recebeu alta
nessa situação porque – acreditavam os médicos -
morreria em casa alguns dias depois, mas o Médico
dos médicos não havia dado alta para ele e estava
provendo sua cura. Sete meses depois da cirurgia, em
abril de 2005, o Senhor começou a agir para curá-lo e
sua face começou a inchar de forma assustadora. Foi
hospitalizado às pressas com uma hemorragia, tendo
que fazer transfusão de sangue. Em abril foi realizada
uma tomografia, e antes de sair o resultado dos exames,
os médicos não davam mais esperanças para a
família Morbach. “Não temos mais o que fazer!”, alegavam
os médicos. Apareceram furos em sua boca e
começaram a sair as gazes deixadas na cirurgia. Neste
dia o Ev. Alcides esteve orando e ministrando a cura
divina e a vitória de Deus foi alcançada: ele pôde sentir
em sua mão a enfermidade secando. Quando saíram
os resultados da tomografia, surpreenderam a
todos, porque não havia registro algum de doença. No
dia seguinte ao que o Ev. Alcides esteve orando pelo
Sr. Adriano, ele soube que, ao passar a mão pelo rosto
onde se encontrava a enfermidade, o Sr. Adriano sentiu
o câncer sair fora de sua face.
Desde então começou a melhorar. Hoje está
completamente curado para a glória de Deus! Ele estava
impossibilitado de trabalhar como marceneiro
devido à doença, pediu oração ao Ev. Alcides, e o Senhor
abriu as portas de tal forma que não consegue
atender a todos os seus clientes. Glória a Deus! Ele
continua fazendo milagres entre nós!
Você entregaria
o seu filho?
“Deus amou o mundo de tal maneira que entregou
seu filho unigênito para todo aquele que Nele crê
não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3.16.
Imagine você tendo que dar o seu próprio filho.
Alguém que você viu nascer, trocou fraldas, passou noites
acordado, cuidou e viu crescer. Alguém muito especial,
sangue do seu sangue. Aquele que segurava a sua
mão com a mãozinha pequena, confiando plenamente
em você para dar os primeiros passos, ou seja, entregou
sua vida nas suas mãos. Talvez você não seja pai, mas,
sendo filho, certamente recebeu tais cuidados.
Assim foi com Deus e o Seu Filho Jesus Cristo. Um
relacionamento perfeito e em total harmonia e que poderia
permanecer assim eternamente. Só que ambos olharam
para a terra e viram que a relação deles com os homens
não era como a que havia entre ambos. O que se
esperava da humanidade ficou bem aquém do oferecido,
Venha para o meio
O capítulo 3 do Evangelho de Marcos nos mostra
Jesus em uma sinagoga tendo uma controvérsia com líderes
religiosos acerca do poder fazer o bem em dia tradicionalmente
sagrado. Jesus olha para um homem com
uma mão atrofiada e lhe diz para sair do seu lugar e vir
para o meio da sinagoga. Após perceber a insensibilidade
dos corações dos lideres religiosos, Ele cura o homem,
restaurando sua mão.
Essa história mostra-nos, através de um paralelo
com os líderes judeus, que, em muitos momentos de nossa
vida, passamos por essas circunstâncias, ou seja,
estamos em um marasmo espiritual, e, sem perceber,
afastamo-nos lentamente dos principais rudimentos da
fé viva em Cristo Jesus, assim como aqueles homens afastaram-se
do amor de Deus que era a base da Lei.
Sempre nesses momentos, o Senhor Jesus entra
em cena e nos convida para sairmos dessa situação. Cha-
Nos dias atuais muitos dizem que
conhecem a Cristo, e dizer que é evangélico
virou moda, status. O mercado
de trabalho tem dado preferência para
contratar pessoas que se
autodenominam cristãs. É comum ficarmos
sabendo de músicos e até mesmo
de grupos inteiros que antes eram artistas
ímpios e hoje estão tocando e cantando
“hinos” que falam em Deus, Jesus
e no Espírito Santo. Atores e atrizes, pessoas
do meio artístico, dizendo serem
evangélicos, porém continuam gravando
novelas e filmes imorais, evidenciando
a falta de mudança em suas vidas.
Que conclusão podemos tirar
disso tudo? Satanás tem conseguido se
infiltrar no meio cristão e manchar a
honra do Reino de Cristo, mas glórias a
Deus que ainda existem os remanescentes
sobre a Terra, que não se corromperam,
que não mudaram, que seguem o
mesmo evangelho pregado por Jesus há
mais de dois mil anos atrás. Ainda há na
terra um povo que aguarda a volta de
Cristo para subir à nova Jerusalém com
Ele, pois além dos seus ouvidos terem
escutado acerca dEle, os seus olhos o
contemplaram.
O livro de Jó nos mostra que ele
havia depositado a sua fé em Deus. E
esta fé não estava apoiada apenas nos
seus bens materiais, na sua posição social,
no seu poder aquisitivo. Jó demonstra
que todas essas coisas eram conseqüências
de sua lealdade a Deus. Muito
diferente do que acontece hoje, em que
a obra de Deus virou algo rentável. Muito
dinheiro tem sido manipulado usan-
pois o homem não conseguiu
relacionar-se com as
coisas celestiais e tornou-se
excluído da relação. O que
fazer? Deus é reto e justo. As
leis estabelecidas por Ele
mesmo não poderiam ser alteradas
para Sua própria conveniência: “A alma que pecar,
esta morrerá”. O Filho, entendendo bem o dilema em que o
Pai se encontrava, e reconhecendo a fidelidade do Pai em
relação a Ele, disse: “Pai envia-me a mim.”
Ainda que muitos não entendam, não aceitem, duvidem,
escarneçam, negligenciem e até mesmo não creiam que
o Filho de Deus se entregou pelos pecados da humanidade,
Ele o fez. Abriu-se novamente a possibilidade do homem vir a
relacionar-se com o Seu criador. Jesus pagou o preço, através
de Seu sacrifício na cruz. Assim como a Lei condenou o
homem e ele deveria morrer por seu próprio pecado, um
inocente não deveria ser crucificado. Então, dando Sua vida,
o Filho de Deus, sem pecados, resgatou para Si todo aquele
que Nele crer.
Ev. . Marcus Schumann Bueno – Sede Geral.
ma-nos para uma experiência profunda com Ele através do
Espírito Santo, resultando assim na renovação de nossa fé,
fator principal para vencermos as adversidades deste mundo
tenebroso.
Essa experiência com o Senhor Jesus Cristo é tão profunda
que o apóstolo Paulo nos orienta a transformarmo-nos
pela renovação do nosso entendimento, para que experimentemos
“qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de
Deus”.
Devemos nos examinar e fazer uma análise de como
estamos com Deus. Aqueles judeus, juntamente com os seus
líderes, tinham convicção de que praticavam a verdadeira
religião. Calavam-se diante da argumentação de Cristo, mas
tinham seus corações fechados para experimentarem novas
experiências, com o Senhor que prometera dar vida com
abundância.
Não incorramos nos mesmos erros e deixemos que o
Espírito de Deus nos revele coisas grandes e firmes, que não
conhecemos.
Joel Franco Borges - Cong. Otto Niemayer.
VER CRISTO SIGNIFICA CONHECÊ-LO Jó 42.4-6
do a obra de Deus. Esses dois tipos de
pessoas que tem se declarado evangélicos
estão assumindo essa identidade
visando obter lucros. A glória de Deus
está sendo roubada, pessoas estão recebendo
premiações como os melhores
artistas evangélicos do ano.
O evangelho de Cristo não é
para ser vivido de qualquer maneira,
com uma vida desregrada espiritualmente,
fora dos padrões doutrinários
instituídos por Jesus através da Bíblia
Sagrada, por pessoas que, dizendo-se
crente, não apresentam mudança alguma
em sua vida. O evangelho de
Cristo não é para ser divulgado através
de rock, rap, reggae, samba, pagode,
em cima dos púlpitos das igrejas.
O Apóstolo Paulo dá a verdadeira
demonstração do que é o evangelho
de Cristo em I Co 2.4,5: “A minha
palavra e a minha pregação não
consistiram em palavras persuasivas
de sabedoria humana, mas em demonstração
do Espírito e de poder,
para que a vossa fé não se apoiasse em
sabedoria dos homens, mas no poder
de Deus”. Esse sim é o evangelho que
produz resultados, que muda vidas,
onde pessoas O recebem e O aceitam
e podem dizer como disse Jó: “Até hoje
somente te conhecia por ouvir falar,
mas agora os meus olhos estão te contemplando,
Jesus”. A igreja que vive na
plenitude do evangelho é uma igreja
avivada, onde há dons do Espírito Santo
distribuídos entre os membros, onde
há salvação e libertação de vidas, onde
há curas e milagres. A igreja que vive
esse evangelho é uma igreja que cresce,
que prospera, porque Deus tem
compromisso com essa igreja.
Jó achava que, por ser reto,
temente e fiel a Deus, ele O conhecia
suficientemente. No entanto, quando
Deus começou a mostrar o seu
poder para ele, Jó viu que ainda não
conhecia a Deus. Talvez você esteja
na igreja, é membro de uma organização
religiosa, e pensa que conhece
a Deus o bastante, que sua salvação
já está garantida, e que você está
vivendo de maneira correta. Mas,
preste atenção nisto: deixa o Espírito
Santo começar a penetrar nas
profundezas do teu coração, nas
profundezas da tua alma, e você vai
ouvi-lo dizer que há algumas mudanças
para serem feitas, há coisas que
você faz julgando não ter importância,
porém são coisas erradas, desagrada
a Deus. Deixa o Espírito Santo
cobrar de você a integridade divina,
santa e espiritual, e permita-se andar
conforme os Seus requisitos, mergulhe
na plenitude do evangelho de
forma integral. Então, você poderá
dizer: “Eu achava que conhecia a
Deus, mas eu apenas ouvia falar a
respeito dEle, não tinha contato algum,
porém agora os meus olhos O
contemplam e eu tenho contato com
Ele todos os dias.”
Você não será mais a mesma
pessoa, porque, com certeza, a sua
vida irá mudar.
Dc. Ozéias Teix
eixeira eira - Con-
gregação Ipiranga
O VERDADEIRO
AVIVAMENTO
“Avivamento”. Nunca se falou tanto sobre este assunto.
Ficamos imaginando muitas vezes se há avivamento!
Por que tantas coisas fora de lugar? Cada vez mais as
famílias estão se desfazendo e igrejas vão se perdendo; O
que há, então? Respondo: avivamento que se prega hoje
é apenas uma parte do verdadeiro avivamento!
Em João 15.1 Jesus disse: “Eu sou a videira verdadeira”,
Jesus aqui deixa bem claro que pode haver videiras
falsas. Conseqüentemente podemos dizer que também
há uvas falsas, e entendemos que o final disto é vinho
falso!
A videira é Cristo, pois Ele mesmo disse “Eu Sou” a
videira verdadeira”. O grave erro desses movimentos
modernos é que, essa videira não é mais o centro deste
avivamento e por isso tanto barulho e pouco efeito! Exemplo:
prega-se num domingo à noite e segundo as pessoas
falam - “que glória! Minha igreja é fogo puro”. Mas, quem
sabe na mesma noite ou no dia seguinte, suas velhas vidas
seguem os mesmos caminhos. Será que o que ocasionou
o barulho nesta igreja foi o verdadeiro avivamento?
Na minha condição de pregador, há dentro de mim
uma enorme preocupação com essa geração que não desfrutou
ainda de um verdadeiro avivamento e entendo que a
culpa é dos pregadores que passam à multidão uma falsa
idéia de avivamento, como sendo apenas uns pulos e coisas
Notícia quente da
hora: “Um advogado
cumpre a pena em
lugar do réu”.
Você já imaginou o que aconteceria
se todo o advogado que não conseguisse
livrar o réu da pena fosse condenado
no lugar dele? Acredito que poucos
iriam querer ser advogado!
Mas já aconteceu um fato assim, e
único na história da humanidade, fato este
que movimentou o céu, a terra e o inferno.
A epístola de Paulo aos Colossenses
revela que certo advogado não tentou inocentar
o réu, não tentou persuadir o júri
com discursos filosóficos, também não se
aproveitou dos artifícios da lei para livrar
seus “clientes” (Cl 2.13,14). Ele simplesmente
deixou-se ser condenado no lugar deles.
O Juiz, seu pai, não o favoreceu.
Com isso, o promotor foi vencido,
apesar da aparente vitória. Este advogado
se chama Jesus Cristo de Nazaré, o profeta
da Galiléia. Jesus o advogado veio para
fazer a vontade do Juiz, seu pai, cuja justiça
exigia a pena de morte para os
infratores. Sim, na primeira epístola do
apóstolo João 2.1 ele é o advogado para
com os cristãos que são fiéis a ele.
Jesus pagou com a sua própria vida
os crimes de toda a humanidade. A minha
pena e a sua foram cumpridas por Jesus
parecidas a estas o resumo de um avivamento! E não é.
Para que possamos ter um bom vinho, certamente
seriam necessárias boas uvas, pois vinho aqui representa
avivamento. Então o verdadeiro mover de Deus depende
de você, em ser uma boa “uva”, ou seja, um bom fruto!
Para ser uma uva verdadeira, terás que estar ligado à
videira verdadeira. Aqui está o drama do avivamento
desta geração. Temos o modelo da videira que é “Cristo”,
mas alguns continuam vivendo como se pudesse haver
avivamento (o vinho) com frutos estragados! Não há um
diferencial e o gosto nem se compara! Pobre avivamento!
O verdadeiro avivamento está em vidas transformadas.
Então, após essa transformação, pode pular e
até “virar cambalhotas”, mas, é necessária a mudança de
vida! E como surge esta mudança? Isaías, no capitulo 55,
revela que os israelitas, que abandonaram a Deus e à sua
justiça, são convidados a voltar a Ele, para serem restaurados
à comunhão e à bênção. Isso é o princípio de um
grande avivamento. No primeiro verso diz: “Ó vós todos
que tendes sede, vinde!” Uma condição essencial para
um grande avivamento é fome e sede espiritual por perdão
e comunhão com Cristo, com base na morte sacrificial.
Devemos arrependermo-nos dos nossos pecados e
aproximarmo-nos de Cristo pela fé. Também a fome e
sede de justiça de Deus, e do seu poder, são condições
essenciais para recebermos a plenitude do seu Espírito.
Podemos ver que não é possível avivamento verdadeiro
sem bons frutos, ou seja, “uvas” boas, e entendo
que Deus ainda vai levantar uma geração de fato transformada!
Aleluia! E creio que você gostaria de fazer parte,
não é? Então deixa Cristo verdadeiramente te transformar!
E verás quanto tempo você perdeu pensando que
era alguma coisa, e que na verdade era uma “uva”
desqualificada para fazer parte do verdadeiro avivamento.
Lembremos de Moisés, que gastou 40 anos pensando
que era alguém, mais 40 anos aprendendo que não era
ninguém e, por fim, mais 40 anos descobrindo o que Deus
pode fazer com um ninguém. Até arrisco dizer que a culpa
também está em certos pregadores que forçam as
pessoas ao histerismo coletivo, e quando vêem alguns
pularem dizem: “olha o avivamento!”. Mas será mesmo?
Tenho visto ao passar dos tempos a falta de pregadores
que falem a verdadeira Palavra. Só ela poderá trazer
um verdadeiro mover de Deus. Também não estou
dizendo de “pauladas” arremessadas dos púlpitos sem
efeitos! Os pregadores devem estar preparados para
serem esse canal do céu. Inclusive sendo eles exemplos
dos demais, pois às vezes não convencem nem a esposa e
filhos. Mas se estiverem verdadeiramente em condições
de “uvas” qualificadas, ah, então teremos um verdadeiro
avivamento. Louvado seja o Senhor!
Já vimos que sem a videira não há uvas e sem uvas
não haverá vinho (avivamento), mas para que serve o
avivamento? Para “servir”. Isaías no capitulo 24.8-11 diz
que o povo israelita estava triste pelas ruas e havia cessado
o prazer de viver, por haver faltado o “vinho”. Isso,
para essa mensagem, significa a falta de alegria, esperança
e necessárias condições de sobrevivência! Ou seja,
o povo do lado de fora das igrejas também necessita deste
avivamento, e você tem condições de oferecer-lhes
essa porção?
Avivamento só dentro da igreja é coisa egoísta!
Tem igrejas que fazem campanhas, congressos e mais
congressos pensando que isso irá trazer avivamento! Isto
nunca será avivamento, mas movimentos passageiros e
sem retorno. Se você é um dos que querem um verdadeiro
mover de Deus, deixe de ser protagonista de um avivamento
falso e sem compromisso! Deixe práticas antigas
de coisas mesquinhas e se apodere desta chance que
Deus está oferecendo!
“NÃO SOMOS O QUE DEVERÍAMOS SER; NÃO
SOMOS O QUE QUERÍAMOS SER; NÃO SOMOS O QUE
IREMOS SER; MAS, GRAÇAS A DEUS, NÃO SOMOS O
QUE ÉRAMOS” - frase de Martin Luther King.
Pr. . Richard Albino – Bagé/RS.
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
A MORTE E A VIDA ESTÃO NO PODER DA LÍNGUA Pv 18.21
Cristo quando ele morreu na cruz do
Calvário. É um direito meu e seu adquirido
pelo Senhor Jesus. Receba Jesus no seu
coração como único Salvador. Convide
este santo advogado para te defender
perante o grande juiz, o eterno Deus, naquele
grande dia que é apontado em Ap
20.11-15.
Deus abençoe a todos no nome de
Jesus, o Justo. Amém!
Irmão Reginaldo Pereira
Congregação Ipiranga.
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
Dc. Onofre Rafael Carpes 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
–
Cong. Otto Niemayer.
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
Acaso Deus teria errado quando gia pelo nariz e ouvidos. Aplicado o soro Depois tentam se desculpar dizendo
escrito que ela secou desde as raízes.
inspirou o escritor de Provérbios? De antiofídico a tempo, a cura é rápida. Do
“eu falei brincando” (Pv 26.18-19). Se Diz-nos I Sm 16.18: “Então res-
modo nenhum! Deus jamais errou. “Toda contrário, a morte sobrevém mais ou menos
jogarmos uma pedrinha ou um “pedrão” pondeu um dos jovens e lhe disse; eis
escritura divinamente inspirada é proveitosa
breve. O pastor Tiago disse que a lín-
na água, ambas afundarão; assim aconte-
que tenho visto um filho de Jessé, o
para ensinar, para redargüir, gua está cheia de peçonha mortal. ce com as palavras que proferimos: não belemita, que sabe tocar e é valente, e
para corrigir, para instruir em justiça” Quantas vezes ouvimos um pai ou voltam mais.
animoso, e homem de guerra e sisudo
(2 Tm 3.16). Então, por que Deus disse uma mãe dizer “esta criança só incomoda”,
“Aguçaram a língua como serpen-
em palavras, e de gentil presença, o
ou “esta criança é medonha”? Falam te; o veneno das víboras esta debaixo dos Senhor é com ele”.
que “a morte e a vida” em vez de dizer “a
vida e a morte”? Por que Ele estava falando
isso sem perceber que estão amaldiçoan-
seus lábios” (Sl 140.3).
A Bíblia nos diz que Davi era um
de nossa inclinação natural para a do seus filhos. Amados, a palavra “só” é Que tremendo é o poder da língua! tagarela ou prolixo? Não! Pelo contrá-
morte, esta produzida por nossa língua. “só”, e o “medonho” quem é?
“Então disse Jesus à figueira: nunca mais rio, era SISUDO em PALAVRAS e o Senhor
“...mas nenhum homem pode A palavra amaldiçoar vem do grego
coma alguém fruto de ti. E os seus discípu-
era com ele!
domar a língua. É um mal que não se
“KATARAOMAI”, e significa invocar o los ouviram isto” (Mc 11.14). No versículo Oremos juntos: “Pai, que possa-
pode refrear, está cheia de peçonha mal, orar para que venha o mal, proferir vinte e um, Pedro chama o mestre e lhe mos compreender a importância e o
mortal.” (Tg 3.8)
imprecações contra, etc...
diz: “eis que e figueira que tu amaldiçoaste
poder que têm nossas palavras. Dai-nos,
Existe uma cobra terrível chamada
Há ainda aqueles irmãos que, ao
secou”.
ó Senhor, domínio, pois diz-nos a Bíblia
Jararaca. Esta possui um veneno saberem da dificuldade de seu irmão, logo Amados, o que nos chama a aten-
em Pv 25.11: Como maçãs de ouro em
terrível: sua picada causa náuseas, perturbação
que o vêem, comentam entre si que “o fução
é que a figueira poderia ao menos dar salvas de prata assim é a palavra dita a
visual, sonolência e hemorra- lano é luta, só luta”.
sombra, porém, no versículo vinte está seu
tempo”.
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789
10 14 09 11 15
I CONGRESSO DE
MISSÕES HERÓIS DA FÉ DE
RIO PARDO –RS
Nos dias 14, 15 e 16 de outubro foi realizado o I
Congresso de Missões Heróis da Fé da Igreja Assembléia
de Deus Ministério Restauração de Rio Pardo – RS, promovido
pelo Departamento de Missões de Rio Pardo. Estiveram
ministrando a palavra de Deus os Pastores
Humberto Schimitt e Richard Albino e, no louvor, as cantoras
Ana Schimitt e Kelly Pontes e cantores locais. Presenciou
o evento o supervisor Pr. Ezequiel e Ev. Jader
Pontes e irmãos de outras congregações. O Departamento
de Missões está sob a responsabilidade dos Pb. Luiz
Otto e Jorge Paes. Deus esteve confirmando a Palavra
com unção, poder e batismo com Espírito Santo. A Palavra
ministrada obteve aceitação do povo, que foi
conscientizado da responsabilidade de fazer missões, e o
nome de Jesus foi glorificado.
UM ANO DE RESTAURAÇÃO
EM PALHOÇA/SC.
No dia 23 de outubro foi realizado um culto de
agradecimento a Deus pelo primeiro ano de trabalho do
Ministério Restauração na cidade de Palhoça, no Estado
de Santa Catarina. A glória do Senhor tomou conta daquele
lugar. Jesus batizou vários irmãos com o Espírito
Santo, curou enfermos e libertou vidas das garras do diabo.
A Palavra de Deus foi ministrada pelo 2° Vice-Presidente
do Ministério, Pr. Guaraci Fernandes, e o louvor
pelo irmão Joel Leandro, de Sapucaia.
No dia 30 de outubro houve batismo em água com
20 candidatos e, nos dias 19 e 20 de novembro, a Escola
de Obreiros com a presença de aproximadamente 50
obreiros. Ministrando a o Curso de Ética Ministerial, estiveram
presentes os pastores Sílvio Machado, Paulo
Roberto dos Santos e o Ev. James Schimitt Vieira. O Ev.
Remi Loch, encarregado da congregação local, e o Ev.
Ivalino Poletti, supervisor para aquele Estado, agradecem
a Deus por um ano de bênçãos que Deus tem proporcionado
para a igreja local.
Nos dias 21, 22 e 23 de outubro foi realizado na Congregação Santa Isabel,
sede do Ministério Restauração na cidade de Viamão, o I Encontro de Crianças de
“cem anos para baixo”, promovido pelo Departamento da Escola Bíblica de Viamão.
MINISTÉRIO RESTAURAÇÃO
INAUGURA TEMPLO
PRÓPRIO EM VIAMÃO
No dia 2 de novembro foi inaugurado na Vila Universal,
em Viamão, mais um templo próprio do Ministério
Restauração. O Pr. Adão Santana e o Ev. Antônio Pacheco
receberam o grande número de irmãos e pessoas não
crentes que se fizeram presentes naquele lugar. O templo
ficou superlotado, inclusive alguns irmãos tiveram que
assistir o culto do lado de fora. A orquestra Restauração
cooperou no louvor e a mensagem da Palavra de Deus
foi ministrada pelo Pr. Osvaldo Queiroz, da Sede Geral,
que pregou sobre o Salmo 103, “Bendize minha alma ao
Senhor...”.
No decorrer do culto foram ouvidos muitos testemunhos
do esforço dos irmãos que com alegria ajudaram
de todas as formas para que o templo fosse construído.
Um momento que comoveu a todos os presentes foi quando
o Pr. José Lauderi, que foi o construtor da igreja, mencionou
a irmã Joana, uma senhora idosa que, em vários
momentos, proveu os trabalhadores da obra de Deus com
refeições (Mt 10.42).
A mão do Senhor esteve presente em todos os
momentos e, apesar das dificuldades, nunca faltou material
para a construção da obra. Nesse mesmo dia foi
empossado como encarregado dessa subcongregação o
irmão Moisés Machado Gonçalves, que é casado com a
irmã Cleide Souza Gonçalves e pai de três crianças, o
Keniel, a Vanessa e o Cristofer. A família recebeu a oração
da igreja para que Deus os abençoasse poderosamente.
IMPLANT
ANTAÇÃO AÇÃO DA UNIÃO
FEMININA EM SOLEDADE
No dia 10 de novembro foi implantado em
Soledade, sob a supervisão do Ev. Ezequiel Elias, o trabalho
da União Feminina. Nesta ocasião, a Dcª Ivone Elias
levou a Palavra de Deus para os presentes, observando
os Quatro Pilares de Sustentação deste trabalho, os quais
são: 1) Campanha de Milagres; 2) Cultos nas Congregações;
3) Núcleo de Oração; e 4°) ABRASCE (trabalho e
provisão assistencial). No encerramento, foi empossada
como primeira dirigente do trabalho da União Feminina
a Dcª Dinorá Dorneles (esposa do encarregado da Congregação,
Ev. Santo Dorneles).
RELATO DO TRABALHO NA
REGIÃO CELEIRO
No mês de novembro o Pr. Ildo Manica, juntamente
com sua família, esteve em viagem de supervisão nos
municípios da região Celeiro do Estado. Inicialmente, na
sexta-feira, dia 04, esteve em um abençoado culto na
cidade de Coronel Bicaco.
No sábado, dia 05, as irmãs da União Feminina da
região, juntamente com a Dcª. Rosimeri Manica, estiveram
num dia de jejum em Santo Augusto. As irmãs da
região estiveram presente para ouvirem os relatos sobre
a grande obra que Deus está fazendo em Porto Alegre na
União Feminina. Nesta ocasião, muitas irmãs da região
trouxeram uma Palavra de Deus. Deus está levantando
um exército naquela região. Na parte da noite, o culto foi
realizado num local denominado Campo Santo, onde Deus
também abençoou grandemente.
E por fim, no domingo, dia 06, pela parte da manhã,
o Pr. Ildo Manica esteve em Campo Novo, onde Deus
também esteve abençoando grandemente, ocasião em que
ocorreu o primeiro batismo em águas daquela região.
RELATO DE SÃO JOÃO BATIST
TISTA/ SC
A obra em São João Batista, Estado de Santa Catarina, entre Blumenau e Brusque, iniciou no dia 11 de
fevereiro de 2005. Começou com um grupo de 12 pessoas. Hoje, no entanto, já está com um quadro de 13 obreiros
e aproximadamente 80 congregados. Há um ponto de pregação no Bairro Creka e outro na cidade Nova Trento,
a 7 km de São João Batista. A igreja está orando pela expansão do trabalho nas circunvizinhanças. O Ev. Pedro
Soeiro, encarregado da Congregação, declara que “somos gratos a Deus pelo trabalho que Deus está fazendo em
São João Batista, um celeiro de obreiros com chamada missionária. Deus falou que a obra seria grande nesta
cidade e não somente aqui, mas também nas cidades ao derredor. E Ele está cumprindo Sua promessa. Deixo
para meditação Isaias 45.1, 2 e 3.”
I ENCONTRO DE CRIANÇAS DE “CEM ANOS PARA BAIXO” EM VIAMÃO
Nos dias 21 e 22 esteve ministrando a Palavra
de Deus o Pr. João Carlos Jacobi, que
trouxe um maravilhoso estudo sobre a
Escola Dominical na vida do cristão (crianças,
jovens e adultos), levando a Igreja
a um grande despertamento. Salientou a
necessidade da Escola Bíblica na vida de
todos, além de falar sobre a vocação do
professor, que tem a responsabilidade de
amar intensamente esse trabalho. No domingo,
dia 23, o irmão Cipriano trouxe
uma palavra sobre heresias.
Nas três noites do encontro estiveram
presentes as cantoras Janete Tessmer
e Natiele Santos de Oliveira, Coral da
Subcong. Arbom, Coral da Juventude local e o Coral das Crianças.
No domingo à tarde, ocorreu o encontro das crianças de todas as Escolas Bíblicas
do Ministério Restauração de Viamão. Louvaram a Deus diversos cantores mirins e
corais das seguintes congregações: Beco Soares, Menegui, Arbom, Paraíso, Aparecida,
São Tomé e Santa Isabel. Um ônibus passou pelas congregações, trazendo as crianças e
pessoas evangelizadas. Esteve ministrando para as crianças a irmã Elza Lincks Ciotta, da
Congregação Arbom, trazendo uma mensagem sobre a criação.
Agradecemos a Deus pelo apoio do nosso Pr. Adão Santana, e de todos os professores
e preletores que cooperaram. Havia mais de 250 crianças e adultos. Foi uma tarde
de bênçãos de Deus.
I CONFRATERNIZAÇÃO DA UNIÃO FEMININA EM BAGÉ.
Nos dias 11, 12 e 13 de novembro foi realizada a I
Confraternização da União Feminina em Bagé, na igreja
Pentecostal Assembléia de Deus – Ministério Restauração,
com o tema: “Século XXI, Ainda Há Mulher Virtuosa?”
No dia 11, culto de abertura, houve a participação
das congregações de Bagé e, desde os cânticos, foi notória
a presença do Espírito Santo! No louvor colaboraram
o coral Rosa de Saron, os cantores Carla Mello, Ricardo e
Marilei, Suelen Farias, Marta Albino, grupo El Shaday e
outros cantores locais, todos com muita unção e poder. A
palavra foi ministrada pela irmã Graciela Peres (Bagé),
que foi usada de forma grandiosa por Deus!
No dia 12 (sábado), o culto começou às 19. Mais
uma vez o louvor foi parte importante do evento Realmente
a glória do Senhor desceu no meio do Seu povo já
no momento da adoração.
A participação do coral Rosa de Sharon (da União
Feminina) foi um momento marcante. Embora seja o mais
novo coral do ministério Restauração em Bagé, cantou
com muita unção e poder. Ainda no louvor, tivemos a
participação do cantor Edson Franck (Pelotas), o qual foi
muito usado por Deus. A mensagem foi ministrada pelo
Ev. Rubem Gutierrez (Santa Rosa), trazendo revelações
profundas da Palavra do Senhor! O culto terminou por
volta das 22 horas com vitória da parte do Senhor.
No dia 13 (domingo), o culto começou às 15 horas,
com participação de irmãos de Hulha Negra, Candiota,
Pelotas e Aceguá, cidades que fazem parte da região Campanha
e Sul, supervisionada pelo Pr. Richard Albino. O
I CONGRESSO DE MISSÕES HERÓIS DA
FÉ EM ALVORAD
ORADA
No mês de novembro, dias 11, 12 e 13, deu-se o I
Congresso de Missões Heróis da Fé da cidade de Alvorada.
Foram três dias de bênção, em que Deus usou os seus
servos para ministrar a Palavra e, cooperando com eles o
Espírito Santo, vidas foram salvas, desviados se reconcili-
I ENCONTRO REGIONAL
DOS JOVENS DA GRANDE
CRUZEIRO
templo ficou lotado e estava muito calor; o consolo foi o
poder derramado por Deus! Tivemos muitos cantores da
região, que fizeram valer a integridade espiritual, pois
todos foram usados no momento do louvor. Uma mensagem
foi trazida pelo Pr. Richard Albino, que fez alusão ao
tema “Século XXI, ainda há mulher virtuosa?”, falando
algumas coisas deixadas de lado por parte das irmãs,
como, por exemplo, a paciência, que quer dizer: “paz com
sabedoria” (do latim), e isto tem dado margens a artimanhas
vindas do adversário contra os lares dos irmãos.
A Palavra final foi ministrada pelo Ev. Edson Franck,
priorizando a salvação dos perdidos. O culto teve momentos
de profecias, as quais alertavam ao povo à oração
e jejum.
Logo em seguida, às 19h, começou o culto de encerramento
da Confraternização. Apesar de o templo estar
lotado e o calor insuportável, ninguém saiu antes do
“último vinho”. Sob a forte glória do Senhor, os irmãos
louvavam e, tomados pelo poder de Deus, falavam em
línguas estranhas, saltavam e muita gente caía pelo poder
de Deus. A mensagem da noite, mais uma vez ministrada
pelo Ev. Rubem Gutierrez, falou da importância
de sermos diferentes deste mundo corrompido. Enfim,
foi com casa cheia e com o manifestar do
Espírito Santo que foi encerrada, às 22 horas, a
I Confraternização da União Feminina em
Bagé, que tem como coordenadora a irmã
Marta Rosangela Ângelo Albino, esposa do
Pr. Richard Albino.
aram e milagres e curas
aconteceram. No
louvor cooperaram os
irmãos Joel Leandro,
Clair Almorim, Valéria,
Gislaine Moura, e os corais
da Escola de Missões
Heróis da Fé, da Juventude
da Sede Geral do Ministério
Restauração, além dos cantores
locais, que levaram as centenas
de pessoas presentes a glorificar
ao Senhor. Ministraram a Palavra o Pr. Sílvio Machado e o
missionário Jean André, da República da Guiné. O evento
contou com o apoio da igreja local, dirigida pelo Pr. Josué
Hoffmann, do Pr. Presidente Humberto Schmitt Vieira, e
dos demais irmãos e obreiros da grande Porto Alegre.
Aconteceu, nos dias 25, 26 e 27 de novembro,
o encontro dos jovens, organizado pelo
Supervisor da Região Pr. João Carlos Jacob da Silva
onde Deus operou milagres, batizou com o Espírito
Santo, curou enfermos e vidas foram reconciliadas.
Na sexta-feira esteve ministrando a palavra
de Deus o Pr. Humberto Schimitt com muito
poder e autoridade, Sábado e domingo, Deus usou
o Pr. Richard para aconselhar os jovens, mostrando
a diferença de um servo de Deus e os que estão
perdidos neste mundo. No louvor esteve cooperando
o conjunto de Glorinha e o Coral de Jovens
Regional. Enquanto os louvores eram entoados,
o Senhor Jesus renovava as pessoas e muitas,
não conseguindo, se manter em pé de tão grande
a glória que Deus derramou.
9° BATISMO EM PORTO
ALEGRE
O último final de semana de outubro, do-
mingo, , dia 30, ficou marcado por mais um batismo
no templo sede da Assembléia de Deus Ministério
Restauração. Para a glória de Deus, mais 62 novos
crentes baixaram às águas, cumprindo o mandamento
bíblico e demonstrando publicamente sua fé
em Jesus Cristo. A igreja louvou a Deus com entusiasmo
por esta grande oportunidade de vermos os
frutos da pregação da genuína Palavra de Deus.
Graças ao Senhor, todos os dias almas têm sido salvas
e transformadas em nossas igrejas. Esse é mais
um motivo pelo qual damos unicamente a Ele toda
a glória e honra para todo o sempre!
ERRATA: Na edição anterior, onde se lê “5º BATISMO
NA SEDE ESTADUAL”, leia-se “8º BATISMO EM POR-
TO ALEGRE”
MARAU
COMEMORA UM
ANO DE MINISTÉRIO
RESTAURAÇÃO
Entre os dias 10 e 13 de novembro foi comemorado
o primeiro ano de trabalho da União Feminina bem como
do Ministério Restauração em Marau. Nesta oportunidade foi
realizada uma grande campanha de avivamento. Estiveram
ministrando a Palavra de Deus, nos dias 10 e 11, a irmã Elenir
(Cong. Sarandi – Porto Alegre) e, nos dias 12 e 13, o jovem
Jaime (Cong. Sarandi – Porto Alegre). Na parte dos louvores,
além dos cantores locais, houve a participação da dupla “Vitorioso
e Vencedor”, da cidade de Canoas. Os trabalhos são
dirigidos pelo Ev. Paulo Pereira Ferreira e sua esposa, a
Dcª Joceli Ferreira. Deus aprovou esta obra na unidade
da Igreja e no movimento do Espírito Santo. No domingo,
dia 13, pela manhã, foi ministrada uma
palavra de Deus direcionada para as famílias
que ali estavam. A bênção de Deus tomou
conta daquele lugar para
honra e glória do Seu santo
nome.
PARA ANUNCIAR
NESTE ESPAÇO CONTATE
Marta Martins Dutra de Lima
martadutralima@terra.com.br
Celular 8408-4228.
16 12
17
CONTATOS MINISTERIAIS
Diretoria do Ministério:
Presidente: Pr. Humberto Schimitt Vieira.
1° Vice-Presidente: Pr. Octávio Rodrigues Vieira.
2° Vice-Presidente: Pr. Guaraci Rodrigues Fernandes.
1° Tesoureiro: Pb. Miro Manica.
2° Tesoureiro: Pb. Vilson Cordeiro.
1ª Secretária: Dcª Sirlei Mota.
2° Secretário: Pr. Délcio Bueno.
Sede Geral:
Rua Vigário José Inácio, 355 – Bairro: Centro –
CEP 90.020-100 – Porto Alegre.
1º Encarregado: Pr. Humberto Schimitt Vieira (51)
322-19-322.
2º Encarregado: Ev. José Itamar Nunes (51) 8413-4962.
Assessoria Ministerial:
Av. Otávio Rocha, 73 - 2° andar - Ap. 01 - Centro –
CEP 90.020-151 – Porto Alegre/RS.
Fone Geral: (51) 322-19-322 Site do Ministério:
www.adrestauracao.com
Administração: Dc. Alessandro Dutra de Lima –
(51) 8408-1824.
Assessoria Jurídica do Ministério: Pr. Ildo Manica (51)
8413-4956, Dr. Jorge Wolf (51) 9954-2055, Dcª
Rosemeri Manica (51) 8182-7015 ou a tarde (51) 3336-
6865, ou Dr. Ronaldo (51) 9968-4141 ou Dcª Sirlei
Mota (51) 8413-4982.
Prestações de Contas: Pb. Carlos Dagoberto Almeida
Monteiro – (51) 8413-4965 e Ev. Ezequiel Caetano
Elias (51) 8413-4976.
Atualização dos Endereços das Congregações: Aux.
Eleomar Azeredo (51) 9824-4202.
Atualização de cadastro e emissão de carteiras de
Membros: Andréia Dorneles (51) 9173-4002.
Recepção e agenda do Pr. Humberto: Aux. Samuel Santos
(51) 8413-4967.
Ouvidoria: Pr. Osvaldo Queiroz (51) 8126-2476.
NOVAS CONGREGAÇÕES: A abertura de novos
trabalhos deverá passar obrigatoriamente pelos pastores
responsáveis pela implantação de Congregações: Pr. Ildo
Manica (51) 8413-4956 ou o Pr. Antonio Augusto dos
Reis (51) 8413-4963
Escala de Atendimento Pastoral do
Ministério:
Segunda-feira: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976.
Terça-feira: Pr. Osvaldo Queiroz (51) 8126-2476.
Quarta-feira: Ev. Ezequiel Caetano Elias (51) 8413-4976.
Quinta-feira: Pr. Osvaldo Queiroz / Ev. Nelson Batista.
Sexta-feira: Pr. Antonio Augusto dos Reis (51) 8413-4963.
Associação Missionária e
Evangelística Heróis da Fé
Av. Bento Gonçalves, 335 – Centro – CEP 90.650-002
– Porto Alegre.
Fone Geral: (51) 3217-6599 Site da Heróis da Fé:
www.heroisdafe.com.br.
SUPERVISORES COM SUAS REGIÕES E MUNICÍPIOS
Em caso de problema, o contato inicial deverá ser mantido inicialmente com o Supervisor de sua respectiva Região.
Interior do Estado:
... Supervisor ........................................... Fone/ Celular ......................... Regiões/Municípios
1 . Pr. Humberto Schimitt Vieira ................. (53) 3241-6226 ....................... Bagé, Quarai, Metropolitano Delta do Jacuí,Alvorada,
Cachoeirinha, Viamão, Parobé, Canoas, e Sapucaia do Sul.
2 . Pr. Guaraci Rodrigues Fernandes ........ (51) 9815-3651 ....................... Vale do Caí (São Sebastião do Caí) e Vale do Rio dos Sinos (Campo
Bom, Esteio, Novo Hamburgo, Portão e São Leopoldo).
3 . Pr. Ildo Manica ..................................... (51) 8413-4956 ....................... Fronteira Noroeste (Doutor Maurício Cardoso, Independência, Santa
Rosa e Três de Maio), Médio Alto Uruguai (Ametista do Sul, Rodeio
Bonito e Seberi), Missões (Entre- Ijuis, Giruá e Santo Ângelo) e
Noroeste Colonial (Campo Novo, Coronel Bicaco,
Panambi e Santo Augusto).
4 . Pr. Antonio Augusto dos Reis .............. (51) 8413-4963 ....................... Centro-Sul (Butiá e Charqueadas) e Fronteira Oeste (São Gabriel).
5 . Pr. Adão Santana ................................. (51) 9837-4215 ....................... Litoral (Granja Vargas, Palmares do Sul e Quintão).
6 . Pr. Carlos Alberto Oliveira .................... (51) 8167-9421 ....................... Hortênsias (Bom Jesus) e Paranhana Encosta da Serra (Riozinho e
Taquara).
7 . Pr. Carlito Ribeiro ................................. (51) 9159-6994 ....................... Serra (Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi) e Vale do Caí
(Bom Princípio, Capela de Santana, Feliz, Montenegro e Vale Real).
8 . Pr. Jorge Souza ................................... (55) 9152-9885 ....................... Fronteira Oeste (Alegrete, Itaqui e São Borja).
9 . Pr. Lauro Vicente de Moraes ............... (51) 8413-4977 ....................... Litoral (Capão da Canoa, Torres e Xangri-Lá) Metropolitano Delta do
Jacuí (Glorinha, Gravataí e Santo Antonio da Patrulha)
e Serra (Caxias do Sul).
10 Pr. Richard Albino ................................ (53) 3247-1774 ....................... Campanha (Aceguá, Candiota e Hulha Negra) e Sul (Pelotas).
11 Ev. Ezequiel Caetano Elias .................. (51) 8413-4976 ....................... Alto da Serra do Botucarai (Fontoura Xavier e Soledade), Metropolitano
Delta do Jacuí (Triunfo), Produção (Marau), Vale do Rio Pardo (Rio
Pardo, Santa Cruz do Sul e Segredo) e Vale do
Taquari (Arvorezinha e Taquari).
12 Ev. João Ramos ................................. (51) 9979-6469 ....................... Centro Sul (Arambaré e Tapes) e Metropolitano Delta do Jacuí (Eldorado
do Sul e Guaíba).
Porto Alegre:
... Supervisor ........................................... Fone/ Celular ......................... Região/ Congregação
1 . Pr. Ildo Manica ..................................... (51) 8413-4956 ....................... Extremo Sudeste (Cong. Pinheiro).
2 . Pr. Marco Antonio Oliveira ................... (51) 9191-1555 ....................... Extremo Sul (Juca Batista).
3 . Pr. João Carlos Jacobi ........................ (51) 9608-2990 ....................... Grande Cruzeiro do Sul e Navegantes.
4 . Pr. Osvaldo Queiroz ............................ (51) 8126-2476 ....................... Subcongregações da Sede Geral (Alameda, Azenha, Ilha da Pintada,
Santa Maria e Vila Jardim).
5 . Pr. Silvio Machado .............................. (51) 8161-9216 ....................... Zona Leste (Parque dos Maias, Jardim Leopoldina, Baltazar de O.
Garcia, Morro Santana, Ipiranga)
6 . Pr. Tranqüilo Melanedo ........................ (51) 9621-4825 ....................... Zona Norte (Sarandi, Minuano e São Borja)
Outros Estados:
... Estados ................................................ Supervisor ............................. Fone/ Celular
1 . Santa Catarina ...................................... Ev. Ivalino Poletti .................... (48) 9971-0500
2 . Paraná ................................................. Pr. Humberto Schimitt Vieira ... (53) 3241-6226
3 . Minas Gerais ....................................... Pr. Humberto Schimitt Vieira ... (53) 3241-6226
4 . Espírito Santo ....................................... Pr. Valmir Sena ...................... (27)3373-1916
Conselho de Ética e Disciplina
1. Pr. Lauro Vicente de Morais - Cachoeirinha - Fone: (51) 3438-5926/ 8413-4977.
2. Pr. Paulo Roberto dos Santos - Otto Niemeyer - Porto Alegre - Fone: (51) 3266-8014/ 9657-3330.
3. Pr. Antônio Cristiano Brizola - Juca Batista - Porto Alegre - Fone: (51) 3246-6867/ 8124-5648.
4. Pr. Alvacir Gonçalves - Canoas - Fone: (51) 3463-6770/ 9621-6386.
5. Ev. José Medeiros - Novo Hamburgo. (tirar o telefone).
6. Pr. José Venâncio Malet – Dionísio Cerqueira - PR - Fone: (49) 9118-2774.
Suplente:
1. Ev. Dílson Santos – Rio Pardo.
Conselho de Doutrina
1. Pr. Humberto Schimitt Vieira - Presidente - Fone: (51) 322-19-322.
2. Pr. Octávio Vieira - 1° Vice-Presidente - Fone: (51) 3249-6572.
3. Pr. Guaraci Fernandes – 2° Vice-Presidente - Fone: (51) 3474-4443/ 9815-3651.
4. Pr. Silvio Machado – Sede Geral – Porto Alegre - Fone: (51) 3242-2467/ 8161-9216.
5. Pr. Carlos Alberto dos Santos - Parobé - Fone: (51) 8167-9421.
6. Pr. Richard Albino - Bagé - Fone: (53) 3247-1774/ (51) 9696-4378.
ELEIÇÃO E POSSE DO
2° VICE-PRESIDENTE
No dia 27 de setembro foi eleito e
empossado o 2° Vice-Presidente do Ministé-
rio Restauração
estauração, Pr. Guaraci Rodrigues
Fernandes, , 65 anos, pastoreia atualmente a
Congregação de Sapucaia do Sul e é
supervisor da Região Vale ale dos Sinos. Na foto
o 1° Vice-Pr
ice-Presidente, esidente, Pr. . Octávio Rodrigues
Vieira, com sua esposa, Dcª Maria Schmitt
Vieira, e o 2° Vice-Pr
ice-Presidente, esidente, Pr. . Guaraci
Fernandes Vieira, com sua esposa Suami da
Silva Fernandes.
Da esquerda para direita: Dcª Suami, Pr. Guaraci,
Pr. Octávio e Dcª Maria.
xCONGRESSO
INTERNACIONAL
DE MISSÕES
EM PORTO ALEGRE
17, 18 e 19 de fevereiro de 2006
PRELETOR: Pr. . Randy Island - USA
CANTORES: Equipe Heróis da Fé
HORÁRIOS: Sexta e sábado: às 19 h
Domingo: o dia todo
LOCAIS:Sexta: Templo Sede: Rua Vigário
José Inácio, , 355 - Centro - Sábado e
Domingo: no Ginásio Tesourinha - Av. . Erico
Veríssimo
eríssimo, , próx. à Zero Hora